quinta-feira, 16 de setembro de 2010

TIRIRICA – PIOR NÃO FICA? MESMO?

Vote em Tiririca! Pior não fica!
O bordão, refrão ou mote é interessante.
Bem publicitário. Envolvente.
Preocupante.
Será que não fica pior mesmo?
Dá para ter a esperança que chegamos realmente ao fundo do poço?
Acho que não, pois o atual governo é pródigo na criatividade de suas ilegalidades.
Cada enxadada, uma minhoca.
Tiririca não é brincadeira, não!
Quem refletir alguns minutinhos sobre o assunto descobrirá o que existe por detrás da “brincadeira palhaciana”.
A quem interessa a eleição de Tiririca, supostamente candidato de protesto, que já se manifestou não saber sobre as funções e deveres de um deputado Federal.
Meu nome é Enéas! Cinqüenta e seis!
Qual a semelhança entre o respeitável médico que sabia o queria e um artista divertido que diz não saber de nada e apenas que não será pior?
A semelhança envolve voto proporcional, quociente eleitoral e coligações partidárias.
Cacareco e Macaco Simão, ambos espetacularmente votados em tempos passados como expressão de protesto, não podiam tomar posse.
Tiririca pode.
Pode e levará consigo, a semelhança de Enéas, correligionários partidários menos, e até insignificantemente, votados.
Por que?
Há contas matemáticas, que não cabe ficar explicando neste breve comentário, sobre a composição das bancadas de deputados. É a proporcionalidade do quociente eleitoral. Os votos recebidos por um candidato beneficiam a todos que sejam de seu partido ou coligados, rateando-se entre eles.
Resumidamente, se um deputado federal necessitar de 100 mil votos para se eleger e tiver 600 mil (provável votação de Tiririca), seu partido ou coligação terá direito a mais cinco deputados.
É assim que funciona e não cabe discutir a justiça ou não desta lei.
Se Dr. Enéas levou consigo a Câmara Federal mais cinco ilustres desconhecidos do PRONA, que não se coligava com ninguém, o Partido Republicano de Tiririca está aliado sabem a quem?
Nem desconfiam?
Ao PT.
O Partido dos Trabalhadores ficará “por tabela” com boa parte dos votos de Tiririca e elegerá alguns deputados federais devido a coligação partidária.
Ou alguém conhece mais cinco candidatos do Partido Republicano?
Votaria no Francisco Everardo?
O mote de campanha do PR poderia ser:
“Vote 22 na boa e fique com cara de patinho na lagoa!”.
Daí o desespero e alerta de partidos com candidatos sérios.
Ainda acham que votando em Tiririca, pior não fica?
Postar um comentário