sexta-feira, 2 de julho de 2010

Quanto de amor Lula sente por Pernambuco e pelo Brasil?


02/07/2010

Hemobras

Querem saber a medida do amor de Lula pelos brasileiros e pelos pernambucanos em particular? É só medir o tempo que a Hemobrás levou para sair do papel.Desde 2004 estão anunciando a Hemobras (Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia, no Polo Farmacoquímico de Pernambuco. O terreno para sua construção foi doado pelo Estado de Pernambuco ao governo federal , que em 2009 anunciou o início das obras. Porem, em outubro deste mesmo ano, o deputado André de Paula denunciou que as mesmas estavam simplesmente abandonadas. Não passou da placa .


Agora no site da Hemobras (04/06/2010) justo nas vésperas de campanha eleitoral, lê-se que "dentro de 15 dias, serão retomadas as obras da fábrica da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia", e para comprovar, puseram uma foto de alguns peões carpindo o terreno. Ou seja, na prática a Hemobras não saiu do papel, muito embora concursos públicos já tenham sido efetuados para preencher futuras vagas. Vale dizer que é
o mesmo que começar a construção de uma casa pelo telhado.


O Brasil despende hoje cerca de R$ 800 milhões por ano na importação de hemoderivados, medicamentos fornecidos a pessoas hemofílicas ou portadores de imudeficiência genética ou adquirida. Ou seja, esta estatal é de essencial importância para os brasileiros, e não saiu do papel. Esse é o tantão de amor que Lula e seu ministro da Saúde sentem pelos brasileiros em geral e pernambucanos em particular.

Postar um comentário