terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Turistas no Peru

27/01/2010


Inexplicavelmente Alan García, presidente do Peru, apesar das dificuldades que enfrenta, recusa a entrada de 4 helicópteros e um avião disponibilizados pelo governo do Brasil para socorrer os turistas isolados há 3 dias nos Andes , quando as noticias que chegam falam de falta de alimento, água e acomodação para os cerca de 2000 turistas de diferentes nacionalidades, entre os quais estão 150 brasileiros.

Além disso, alguns turistas falam de favorecimento das autoridades para com turistas europeus ou norte-americanos que chegam a pagar até 500 dólares para embarcar, o que as autoridades negam...é claro.

A recusa de ajuda pelo governo só seria entendida se este país contasse com aeronaves suficientes para agilizar o transporte de todos , o que não é o caso. Mas e aí...como é que ficam essas pessoas isoladas nas alturas andinas... à mingua?

Celso Amorim e Marcos Garcia poderiam usar de seu poder de convencimento junto ao governo peruano e demonstrar algum empenho maior em tirá-las de lá. Nem mais nem menos esforço do que , parece, foi despendido por ambos ao conseguirem fazer com que Zelaya saísse do país vizinho à Honduras onde estava refugiado, atravessasse a fronteira incógnito e chegasse à salvo na embaixada brasileira , bem no centro de Tegucigalpa .

Como se vê,quando eles querem, eles conseguem.



Mara Montezuma Assaf
Postar um comentário