quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

FUSÕES

(fonte: ricardocampos.wordpress.com/2009)
E o futuro?

Posso não entender de Macroeconomia, mas com certeza sei de economia doméstica, pois senão não há como ter alguma reserva financeira.
Tenho acompanhado as diferentes fusões de empresas e nos diferentes ramos, alimentícios, bancários,de saúde, de bens móveis, etc... O que me preocupa é que se o CADE ( Conselho Administrativo de Defesa Econômica) está mesmo atento no que estas empresas podem se tornar num futuro.
Serão potências sem a livre concorrência, condicionando a nós todos aos seus preços e vontades, além é claro da diminuição de trabalho para alguns que delas façam parte antes das fusões.
Assusta também dar tanto poder (70%), apenas a um seleto grupo para administrar diferentes setores.As pessoas acabarão no "se só tem tú, que fazer, vai tú mesmo"? Alô CADE pense na maioria prejudicada.
Postar um comentário