quinta-feira, 1 de março de 2012

CRIME ELEITORAL

A presidente Dilma, a pedido do seu antecessor, tirou o ministério da Pesca do PT e entregou ao senador Crivella - PRB-RJ, bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, e, sobrinho do bispo Edir Macedo, numa clara manobra para fortalelecer a candidatura do PT em São Paulo.. Considerando que é crime eleitoral a compra de votos, fica muito evidente que essa "manobra" do PT tem como único objetivo, não o fortalecimento do ministério para o bem do Brasil, mas sim, a "compra" da consciência e dos votos dos evangélicos. Quem conhece o bispo-mor Edir Macedo sabe que com ele é "Dando que Se Recebe". Espero que o Poder Público e o Supremo Tribunal Eleitoral fiquem atentos e façam cumprir a lei.
Postar um comentário