quinta-feira, 1 de março de 2012

BOLETIM DE CARTAS - 01/03/2012

ESTADÃO - SP

PODER JUDICIÁRIO

Punição de magistrados
Corretíssima a ministra Eliana Calmon ao defender punição para juízes "vagabundos". Em toda profissão há bons e maus. A lei deve ser implacável com quem não se enquadra no papel a que se presta. Por coerência, o CNJ deveria valorizar os juízes que trabalham corretamente, restaurando a credibilidade do Judiciário. Não dá para conceber que juízes, promotores, delegados, desembargadores e até ministros se vendam sob o guarda-chuva da Justiça.
IZABEL AVALLONE
izabelavallone@gmail.com
São Paulo
*
Corrupção
Concordo plenamente com a corregedora sra. Eliana Calmon quanto a combater os "vagabundos" infiltrados no Judiciário - felizmente, minoria, em meio a magistrados honrados. Todavia não só os "vagabundos" devem ser extirpados, mas também os corruptos (que, por exemplo, vendem sentenças em troca de favores) e os malandros que fazem vista grossa a privilégios usufruídos pela categoria, os quais, embora legais, são imorais perante a realidade do País - 60 dias de férias, aposentadoria compulsória e salário integral como "punição" a magistrados flagrados em crimes, etc. Quando isso acontecer, começarei a acreditar que nossa Justiça é de fato séria e imparcial.
PAULO RIBEIRO DE CARVALHO JR.
paulorcc@uol.com.br
São Paulo
*
'Juízes vagabundos' (leitor)
Presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros, o desembargador Nelson Calandra desafiou a ínclita ministra Eliana Calmon a revelar quem é a "meia dúzia" de juízes "vagabundos". Cuidado, porque qualquer advogado que milita em nosso Judiciário os tem na ponta da língua... Criticada por ter levado os problemas do Judiciário aos jornais, Eliana Calmon, de cabeça erguida, respondeu: "Eu falei muito porque precisava. Se eu não falasse com a imprensa, estava frita. Faço em prol da magistratura correta, decente, que não pode ser misturada com uma meia dúzia de vagabundos que estão infiltrados na magistratura". Parabéns, ministra, e, por favor, não desista, pois precisamos de pessoas dignas como a senhora!
ARTUR TOPGIAN
topgian.advogados@terra.com.br
São Paulo
*
ELEIÇÃO MUNICIPAL

Circo do absurdo
Para quem já viu desfilar Erundina, Pitta e Marta no comando da Prefeitura paulistana, não causa tanta surpresa que o PR, sem receio da mais pura palhaçada, deseje lançar Tiririca candidato a prefeito. Estão confundindo democracia com circo e, assim, a cidade e o País vão perdendo a seriedade, a ética, a meritocracia. E a escolha dos mais preparados vai ficando no fundo da gaveta. Com sua ganância, o partido esquece que pior, muito pior, pode ficar, para vergonha dos verdadeiros paulistanos. Quem sabe o candidato do PR acorde de mãos dadas com o candidato do PT...
FLAVIO MARCUS JULIANO
opegapulhas@terra.com.br
São Paulo
*
Piorar sempre é possível
Dizem que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar. Não sei se por ilusão, deboche ou simples ingenuidade, o deputado Tiririca pensa que fará carreira política quer no Legislativo ou no Executivo. Esquece-se dos outros "cacarecos" que obtiveram votações expressivas uma ou duas vezes, mas foram banidos da vida pública.
LUIZ NUSBAUM
lnusbaum@uol.com.br
São Paulo
*
BASE ANTÁRTICA

Responsabilidade
De quem é a culpa pela destruição da base brasileira na Antártida, consumida pelo fogo? Não terá sido pela demora na liberação de recursos para a reforma pleiteada pelos pesquisadores?
ALBERTO NUNES
albertonunes77@hotmail.com
Itapevi
*
Fogo no País
É vergonhoso saber que esse governo federal do PT gastou em 2011 R$ 54 milhões em festas no Palácio da Alvorada e a base de pesquisa na Antártida recebeu somente R$ 9 milhões de investimento. Se deixarmos, esse governo vai pôr fogo no Brasil!
JOSÉ CARLOS COSTA
policaio@gmail.com
São Paulo

*

SALÁRIO DE PROFESSOR

O Ministério da “Educação” divulgou o piso nacional para os professores de educação básica. O valor será de R$ 1.451,00. Esse salário incrível e “invejável” é pelo trabalho de 40 horas semanais. Mais espantoso ainda é que mais de 30% das prefeituras do País afirmam que não há como pagar esse salário aos professores! Isso é uma humilhação. Um país bem-sucedido se distingue pela educação, e todo sucesso se faz na base dela, ou seja, nos 1.º, 2.º, 3.º, 4.º anos. É justamente aí a raiz do problema do por que os adolescentes concluem o ensino médio sem saber interpretar textos ou fazer contas básicas de matemática. Conclusão: o sistema educacional precisa de modificações e o começo da mudança se faz com a valorização dos educadores. O resto são fábulas! Alex Tanner alextanner.sss@hotmail.com Sumaré

*
PROFESSORES OU VEREADORES

Os prefeitos estão dizendo que não podem pagar o novo piso salarial dos professores. Mas ninguém disse nada com o aumento que terão com mais vereadores nas suas Câmaras Municipais. Terão que fazer obras para acomodar mais vereadores, o gasto salarial com eles vai aumentar, entretanto ninguém disse nada. Pura hipocrisia. Ninguém reclamou. Um participante da reunião ocorrida em Brasília para tratar desse assunto disse que o aumento acarretaria um aumento na aplicação de recursos na educação conforme estabelecido em lei. Alguém tem que dizer para este participante que a lei fixou o mínimo a ser aplicado. Se aplicar mais não está cometendo nenhum erro. Nunca vi nenhum tribunal de contas condenar um gestor por ter aplicado mais recursos do que o estabelecido em lei. Quando é que este país vai se espelhar em países como Finlândia, China, Coréia do Norte e do Sul que investiram na educação? Vejam os resultados que estão tendo. A Educação é a base de tudo. Mas parece que isto não interessa. Quanto mais analfabetos ou semi-analfabetos o país ter, inclusive no Congresso, melhor para os políticos. Para as prefeituras que não puderem pagar o novo piso, apresento uma solução: se não podem se autossustentar, abdiquem da emancipação e retornem a condição de distrito, como eram antes. Vão querer? Claro que não. A mamata é boa demais. Panayotis Poulisppoulis46@gmail.com Rio de Janeiro

*
EDUCAÇÃO É PRIORIDADE

Ignóbil é o piso salarial nacional dos professores, de R$ 1.450,00, aprovado há pouco tempo pelo Congresso e que já está originando apreensão em inúmeras prefeituras, receosas de não poderem arcar com a consequente despesa, conforme divulgado pela Confederação Nacional de Municípios, a mesma que não se mobilizou suficientemente por ocasião da aprovação da PEC 38 em 2009, que permitiu o aumento de mais 7 mil vereadores, contra a vontade da opinião pública. A sociedade precisa exigir que a Educação, eterna promessa de campanhas eleitorais, se transforme em política de Estado permanente, se quiser que o País mude realmente de patamar, ao mesmo tempo que deve mobilizar-se para impedir a implantação de leis que só servem para atender a interesses individuais de alguns políticos sem espírito público, exatamente, talvez, por não terem tido uma educação de qualidade, voltada para o bem comum. Paulo Roberto Gotaç prgotac@hotmail.com Rio de Janeiro

*
PREFEITOS EM BRASÍLIA

Os prefeitos foram a Brasília conseguir dinheiro para pagar o piso aos professores, Como é que eles não vão lá para arrumar dinheiro para pagar os assessores das Câmaras, os seus amigos nomeados para cargos políticos sem concurso. Perguntem, ou melhor, façam um fórum na capital do País, para ver como se arruma dinheiro para pagar 4.5000 empregados de confiança do governo federal e apliquem estes conhecimentos para pagar aos professores sem pedir nada ou ajuda a ninguém.Ciro Bondesan dos Santos cirobond@hotmail.com São José dos Campos



*
O MUNDO DÁ SUAS VOLTAS

Infelizmente a força aérea americana cancela o pedido de compra de 20 aviões Tucanos da nossa competente Embraer. Pode ser um troco dos EUA, ao governo brasileiro, porque o Lula na sua gestão prometeu ao Sarkozy que faria um pedido de bilhões de dólares na compra caças para FAB, de um fabricante francês sem tradição com este equipamento. Coisa nebulosa... Se por outro lado, o governo americano em ano de eleição quer prestigiar também empresas locais, o Palácio do Planalto, não deveria ficar surpreso, porque recentemente a Dilma impôs um duro golpe, a importação de veículos de empresas automobilísticas que não têm fabrica no Brasil, elevando seu imposto em até 60%. É isso que dá, o petismo beneficiar alguns poucos setores da nossa indústria, em detrimento da maioria. E a Embraer, paga o pato! Empresa esta orgulho nacional, que quase quebrada na época foi privatizada por FHC... Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com São Carlos

*
TUCANOS

O governo dos EUA suspendeu a compra dos aviões Tucanos da Embraer, uma encomenda de apenas US$ 350 milhões, para favorecer uma empresa americana. O Brasil pode dar o troco tirando os caças americanos F18 da Boeing, da lista tríplice que o governo tencionar comprar. Pode tirar os caças americanos colocando na lista os Mig russos, junto com os Rafale franceses e os Grippen suecos. Uma "encomendinha" de bilhões de dólares.
Laércio Zannini arsene@uol.com.br Garça

*
NÃO DECOLOU

A Força Aérea dos Estados Unidos cancelou a licitação referente ao projeto Light Air Supporte (LAS) que havia vencido. Os americanos optaram pelo Super Tucano, no dia 30 de dezembro de 2011. Já no início de 2012, a compra havia sido suspensa depois que juma rival, a Wawrer Beechcraft contestou o resultado na justiça. Ora, num país onde os negócios são tratados com bastante seriedade, essa licitação vencida pela Força Aérea dos EUA merece cuidadosa fiscalização. Afinal, trata-se de um contrato de R$ 600 milhões segundo a Patrícia Poeta no Jornal Nacional de 28/2. Essa fortuna pode acolher na sua cabine, não só o piloto, como também um ''desvio de rota''. Disse um executivo da Força Aérea dos EUA que irá investigar a qualidade da documentação que definiu o vencedor. Enquanto o Tucano A29 repousa no hangar, novidades, por certo surgirão.Jair Gomes Coelho jairgcoelho@gmail.com Vassouras (RJ)

*
ESTAMOS DE OLHO

Mensagem pouco comentada pela mídia nacional, mas nem por isso deixa de ser importantíssima, sobre denúncia feita no WikiLeaks nessa semana, mostrando que telegramas trocados entre as Embaixadas Americanas no Brasil e governo americano aviavam hipótese de se pagar propina para a venda dos jatos à FAB! Os americanos são sérios em suas transações comerciais e dificilmente consta que pagam propina a negócios feitos em outros países e se isso foi aviado por telegramas trocados entre embaixada e governo, prova que “alguém” pediu, logo, subentende-se que a compra dos jatos americanos estaria completamente empacada se não entrasse de igual para igual com os outros países concorrentes. Isso nos remete a dúvida que nós, contribuintes, sempre tivemos: Quanto os integrantes do governo brasileiro e partido estariam levando em comissão na compra desses jatos diante da insistência nessa compra em detrimento de outras necessidades mais prementes das nossas Forças Armadas? Não podemos nos esquecer de que serão desembolsados mais de R$ 30 bilhões o que deixaria qualquer “zé mané” milionário da noite para o dia. Estamos de olho... Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br São Paulo

*
POR QUE NÃO TE CALAS?

Desde quando o PT assumiu o poder (nove anos e dois meses), o Brasil tem se destacado em apoiar ditadores sanguinários. Quando o presidente Lula tornou- se grande amigo dos irmãos Castro, Hugo Chávez, Evo Morales, Rafael Correa et caterva. Infelizmente, a presidente Dilma Rousseff, de forma velada, vem seguindo a mesma política do seu antecessor. As declarações feitas na ONU, pela Ministra Maria do Rosário, reclamando da pressão contra o governo sírio, foram muito infelizes. Se o Brasil não queria apoiar essa pressão, deviria no mínimo, se manter neutro, em vez de se intrometer em negócios que não lhe dizem respeito. No lugar de dizer asneiras, melhor faria a ministra se ficasse calada.
Adolfo Zatz dolfizatz@gmail.com São Paulo

*
ENVERGONHADOS

Nós, brasileiros, cidadãos conscientes e patriotas nos sentimos muito envergonhados pelas atitudes de nossos governantes em defender ditadores sanguinários e terroristas pelo mundo a fora. Essa agora de colaborar com as Farc servindo de interlocutor será a gota d’água em nossa dignidade. Infelizmente desde Lula muito de nós não se sente representados nas atitudes de política exterior do governo. Leila E. Leitão São Paulo

*
IMBECIS

Que vergonha me dá a postura da presidente e de sua ministra, em nosso nome, a respeito do hediondo Assad. Imbecis. André C. Frohnknecht anchar.fro@hotmail.com São Paulo

*
A DOENÇA DE CHÁVEZ

Por mais que tente não consigo encontrar alguma razão plausível que justifique o tratamento de Chávez em Cuba, já que sabemos que lá não se pratica a chamada medicina de ponta. Será que existe algum centro de excelência para estrangeiros? Pouco provável, pois o próprio Castro “importou” um médico espanhol para operá-lo. Talvez a única justificativa seja que poderia contar com total sigilo quanto ao diagnóstico e evolução de sua doença. Terá mesmo câncer ou apenas tudo não se trata de uma pantomima tão a gosto de alguns ditadores. Luiz Nusbaum,médico lnusbaum@uol.com.br São Paulo

*
VAZAMENTOS

A preocupação do Ministério da Fazenda é saber como vazaram informações de sigilo bancário, que divulgaram movimentação atípica de R$ 953 mil, pelo ex-presidente do Banco do Brasil Allan Toledo, e não a atitude em si a qual pode ser criminosa. Será talvez receio que possa ocorrer novamente e envolver outros nomes e valores? Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br São Paulo

*
O PREÇO DA GASOLINA

Quem está no comando da Petrobrás: a nova presidente Maria das Graças ou o ministro de Minas e Energia, Lobão? Os acionistas precisam saber exatamente quem está no comando, pois estes não aguentam mais perder dinheiro investindo em uma empresa micada, sob a administração do PT.
Maria Carmen Del Bel Tunes Goulart carmen_tunes@yahoo.com.br Americana

*
BRUNO DANIEL NO ‘RODA VIVA’

Na última segunda feira, muita gente que assistiu ao programa Roda Viva, da TV Cultura, desligou a televisão revoltada. As manifestações nas redes sociais foram tantas, que o tema “Bruno Daniel” chegou a ocupar os trending topics do Twitter por muito tempo. O que se viu ali foi um show de horror. O jornalista Mario Sergio Conti lá estava apenas para tentar desqualificar o entrevistado e, mais tempo houvesse, seria capaz de culpar Bruno Daniel pelo assassinado de seu irmão, Celso Daniel. O Sr. Conti não fez jornalismo, mas sim um trabalho de inquisição, tentando impor o seu ponto de vista. Tentou, durante todo o tempo, fazer com que os fatos se adequassem à sua muito particular versão dos acontecimentos, todos por ele encarados isoladamente, como se não tivessem a menor conexão uns com os outros, o que levaria a conclusão de que Bruno Daniel seria um paranóico e que o ex-prefeito foi morto por acaso. Nunca antes neste país se viu algo parecido, de tamanha vileza e leviandade. E pensar que este senhor é pago com o dinheiro dos paulistas!
M. Cristina Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com Florianópolis

*
AGRESSIVIDADE E VIOLÊNCIA

A vergonhosa e escandalosa atuação do jornalista Mario Sérgio Conti à frente do programa Roda Viva que entrevistava o irmão do petista assassinado Celso Daniel (o cadáver insepulto que o PT e Zé Dirceu querem enterrar a qualquer custo) foi uma aberração tamanho o mau gosto, violência e agressividade a olhos vistos contra o entrevistado da parte daquele senhor! Que a maioria das redações e a imensa maioria dos jornalistas são marxistas e pró-PT de um jeito ou de outro, todos nós sabemos, mas nunca vi na TV Cultura tamanha infestação que salta aos olhos escancaradamente e que lhe compromete a isenção! Paulo Boccato pofboccato@yahoo.com.br São Carlos



‘JUÍZES VAGABUNDOS’

O adjetivo empregado pela corregedora Eliana Calmon, no campo da linguagem popular, expressa um fato lamentavelmente verdadeiro. O Tribunal de Justiça de São Paulo, para dar cumprimento à meta n.º 2 do CNJ, viu-se obrigado a redistribuir os processos que se encontravam com juízes desidiosos para aqueles conscientes de seus deveres e vocacionados ao elevado mister público que assumiram – a maioria. E não consta que os primeiros sofreram algum tipo de punição, da qual no momento cogita a Corregedora Nacional, com sólido fundamento ético e funcional. Lembremos que a desídia constitui falta grave para dispensa por justa causa do trabalhador, segundo dispõe o art. 482 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br São Paulo

*
TOGAS

É isso mesmo, ministra Eliana Calmon! Bandidos de toga e vagabundos de toga têm que ser identificados e punidos. O povo brasileiro sabe que o Judiciário é majoritariamente composto por magistrados sérios, honestos e qualificados, mas para o bem da nação, e do próprio poder, essa parcela de joio tem que ser separada do trigo. Continue com essa sua brava luta que estaremos, agradecidos, aplaudindo cada vez mais o seu trabalho. Ronaldo Gomes Ferraz ronferraz@globo.com Rio de Janeiro

*
INTOCÁVEIS

A corregedora Eliana Calmon afirmou, em audiência do Conselho Nacional de Justiça de 28/2, que o maior problema está nos Tribunais de Justiça. E quanto ao Supremo Tribunal Federal (STF), em que colarinhos brancos e mensaleiros são sempre blindados? Quando é que os ministros do STF deixarão de ser intocáveis?
Iracema Palombello cepalombello@yahoo.com.br Bragança Paulista

*
NOTÍCIAS ADMINISTRATIVAS

O jornal de ontem, 29/2, nos trouxe duas notícias superlativas, uma pela sua excelência e outra pelo absurdo. A primeira, no primeiro caderno, é mais uma declaração alvissareira da corregedora nacional do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a ministra Eliana Calmon, que na Comissão de Constituição e Justiça do Senado defendeu a punição de juízes “vagabundos”, para proteger os juízes honestos. É uma atitude inusitada e há muito almejada por todos nós, brasileiros. Se a ministra conseguir consertar de vez o sistema judiciário, vai merecer no futuro uma estátua na Praça dos Três Poderes. Podemos lembrar, como exemplo, além das situações citadas pela própria ministra, o processo que o filho do presidente do Senado abriu contra o Estadão e que até hoje não tem solução, já que foi encaminhado às catacumbas do Maranhão. Todas as mazelas que sofre a população com os processos dos precatórios, das liberdades provisória e semiaberta de criminosos perigosos, são oriundas do excesso de processos abertos no Judiciário, da burocracia, da falta de condições de trabalho de seus funcionários, mas também de muita maracutaia que corre por todo o País. Outra notícia, no caso, sórdida, está no caderno Metrópole, que nos informa que “cinzinhas” da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) repassam dados de veículos infratores para marronzinho multarem. É mais uma realização inovadora do ”destacado” prefeito de São Paulo, ou seja, a terceirização das multas de trânsito, para aumentar a arrecadação da Prefeitura de São Paulo. Deve ser mais um Processo Sub Democrático, onde o direito e a própria Constituição são aviltados. Ao contrário da ministra Eliana Calmon. O prefeito deverá merecer o desprezo eterno dos paulistanos. Gilberto Pacini benetazzos@bol.com.br São Paulo

*
JOSÉ SERRA ESTÁ DE VOLTA

Ninguém em sua sã consciência dúvida de que o ex-governador José Serra é um dos políticos mais bem preparados para administrar a cidade de São Paulo, e porque não dizer o Brasil. Apesar das negativas que vinha fazendo, eis que o tucano resolveu dar um basta nas especulações, resolveu voltar ao cenário político - se bem que nunca deixou. O ex-presidenciável se escreve nas prévias do partido que seria realizada em 4/3, porém foi adiada para o dia 25/3, até lá José Aníbal e Ricardo Trípoli podem sair do páreo deixando o caminho aberto para José Serra, para disputar a prefeitura da capital. Qualquer semelhança com o pleito de 2010 não é mera coincidência, visto que José Serra só lança seu nome como pré-candidato no último minuto. O que convenhamos é uma falta grave de sua parte para com os eleitores. Desta vez, o PSDB analisa a participação do ex-governador nas prévias, como forma de evitar desgaste junto aos integrantes do partido ao empurrar "goela baixo" a candidatura de Serra mais uma vez. Porém, enquanto ele estava indeciso, outras quatro candidaturas do PSDB já estavam na avenida: O secretário estadual da energia José Aníbal, o deputado federal Ricardo Trípoli, o secretário estadual da cultura Andrea Matarazzo e Bruno Covas, secretário estadual do meio ambiente, os dois últimos da lista saíram do páreo em apoio a candidatura de José Serra. A razão de suas saídas pode ter sido também pelo fato de nenhum dos quatro postulantes não serem tão conhecido do eleitorado quanto Serra. Em pesquisa datafolha do final de janeiro, Serra tinha á preferência de 21% dos entrevistados. Covas aparecia com 6%, e Aníbal 5%, enquanto Matarazzo e Trípoli fechavam o cordão com 2% cada. Ou seja: O ex-governador José Serra tinha quase o dobro da soma dos quatro postulantes juntos. Covas e Matarazzo, que são secretários do governo estadual, seguiram determinação do chefe, Geraldo Alckmin e abrirão mão das próprias candidaturas. Aníbal e Trípoli parecem dispostos a seguir em frente na disputa. Porém, a cúpula busca uma forma de empurrar mais para frente a disputa interna, como já o fez ou talvez a desistência dos dois, pois sabe que a indicação de Serra pela direção do partido, é garantia de vitória possivelmente em primeiro turno. O que importa para os tucanos, em meio a essa manobra, a imagem do ex-governador sairia intacta, já que democraticamente, afirmou que se submeteria de bom grado as prévias. Quem não deve está gostando nada da entrada de José Serra na disputa da mais importante cidade da América Latina e a terceira do mundo, é o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente Dilma Rousseff que sonhavam em emplacar o ex-ministro da educação "o aprendiz" Fernando Haddad. Cá para nós, será que a meta de Serra é 2014? É esperar pra ver. Meu voto ele já tem por antecipação.
Turíbio Liberatto Gasparetto turibioliberatto@hotmail.com São Caetano do Sul

*
TIRIRICA PARA PREFEITO

O PR tem intenção de lançar Tiririca para prefeito de São Paulo!!! É bom lembrar que ele só conseguiu um número recorde de votos para deputado porque aqui em São Paulo está a maior concentração de nordestinos, fora do nordeste. Não por acaso, ao ser perguntado , na época, por que se lançara candidato por São Paulo e não pelo Ceará, candidamente respondeu bem ao seu estilo: "porque aqui tem mais abestados que lá". Para prefeito desta cidade precisamos de gente capaz, não de alguém que se elegeu graças ao bordão "pior do que está não fica" ! Até hoje Tiririca não deu um passo sequer sem a ajuda de seus assessores , perenemente tutelado por gente do partido que cuida para que não dê um passo em falso pois ele é o coringa desta sigla. Só nos faltava essa...existir a possibilidade de termos um prefeito-marionete do PR em São Paulo...é ruim demais! Mas o PR , partido nanico, graças ao Tiririca e seu voto de protesto, conseguiu eleger mais 3 deputados federais, por isso, para eles é tudo de bom! Mas para melhorar o Brasil nosso voto tem que ser escolha responsável, não pode ser mera expressão de modismo, de bordão nem brincadeira. Muito menos o eleitor ser um joguete de qualquer partido. Mara Montezuma Assafmontezuma.scriba@gmail.com São Paulo

*
PALHAÇOS ELEITORES

Considerando que as eleições são um verdadeiro circo onde os palhaços são os eleitores, eis que o deputado Tiririca se aventura no papel de candidato à prefeitura de São Paulo. Seu mentor, Valdemar da Costa Neto (PR-SP) réu no processo do mensalão está pouco se lixando para seus eleitores, O deputado faz um jogo de cena para pressionar a presidente Dilma a dar um lugar no primeiro escalão ao partido que foi alvo de tanta corrupção no ministério dos Transportes. O eleitor paulistano está vacinado contra o estelionato eleitoral. Saberá escolher quem deverá administrar essa cidade não se iludindo com discursos demagógicos, “pior do que está não fica” , fica sim e isso pôde ser sentido nesse ano e meio em que Tiririca está no Congresso e nenhuma vez subiu à tribuna para defender o país, ou propor leis que de fato moralize essa bandalheira que virou o Brasil. Mas seria exigir demais, querer que alguém como Tiririca moralize a política, se como se viu, sua entrada no picadeiro chamado Congresso Nacional serviu de pano de fundo para abrigar aventureiros. Os responsáveis por esse ato impensado sofrem agora as consequências do voto impensado. Izabel Avallone izabelavallone@gmail.com São Paulo

*
ÁREA NO ITAIM

A Prefeitura desistiu de vender o seu quarteirão do Itaim. É assim que funciona a democracia: pressão popular em cima do governo. Em ano de eleição não tem erro... Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br São Paulo



A PRAGA DO IPTU

Todo mês quando pago a parcela do IPTU rogo praga a Kassab. Roberto Twiaschor rtwiaschor@uol.com.br Paulo

*
O DÉFICIT DA PREVIDÊNCIA, E O FUNPRESP

Não há responsabilidade nem relevância tratar sobre previdência social sem análise dos efeitos e resultados de todos os regimes e subsistemas existentes, e tão apenas depois correlacionar o que aqui acontece ao que sobrevém em outros países. No RGPS anuncia-se o “saldo previdenciário negativo” de R$ 35,6 bilhões em 2011. De seus dois subsistemas, o urbano-previdência trabalhista e de caráter contributivo, obteve-se o saldo previdenciário, ou primário positivo de R$ 20,5 bilhões, é o único superavitário no Brasil. No rural, assistencialista, e sem caráter contributivo, e que subvenciona um melhor padrão de vida à terceira idade na zona rural, o saldo negativo foi de R$ 56 bilhões (1,4% do PIB). O rural é eminentemente assistencialista, pois dos quase 8,5 milhões de beneficiados apenas 16 mil o são por contribuição. Somente a previdência do funcionalismo público federal (RPPS) nas três esferas (Executivo, Judiciário e Legislativo) corresponde a 5,13% do PIB. A média na OCDE é de 2,0% para todo tipo de funcionalismo. Estudos da mesma entidade demonstram que no grupo de 26 países considerados em estágio de desenvolvimento, a incidência média é de 1,5% do custo do funcionalismo sobre o PIB. Menos de um milhão de ex-servidores federais geraram em 2011, R$ 56 bilhões somente em déficit, valor este que cresceu 9,8% em relação a 2010; ou que cresceu 91% em relação a 2002 (R$ 29,4 bilhões). Estima-se para 2012 que ultrapasse R$ 61 bilhões (1,47% do PIB) - um acréscimo de 9% em termos absolutos ao ano passado. O Tesouro cobriu em 2011 tal déficit, ao custo médio por ex-servidor ao valor equivalente a três vezes a renda per capita brasileira. Nem a Grécia conseguiu tal proeza. Apenas 0,5% da população consome o equivalente (em déficit) a 83% daquilo que se gasta com a Saúde Pública aos 99,5% restantes brasileiros. 4% dos aposentados brasileiros são responsáveis por quase 5o% do déficit previdenciário do país. Enquanto a previdência do funcionalismo público federal (menos de um milhão de pessoas) correspondeu a 5,13% do PIB, - o total do RGPS, incluindo os 3,6 milhões de beneficiários atendidos pela Lei Orgânica de Assistência Social-Loas (total geral de 27,9 milhões de pessoas) representou 7,71% sobre o PIB. Temos o mais absurdo mecanismo de concentração de renda do planeta, cujo déficit crescente acumula desde 2003 - R$ 378,9 bilhões (1,7% do PIB). O Fundo de Previdência Complementar do Servidor Público (Funpresp), proposta do governo enviada ao Congresso, dará uma economia de R$ 26 bilhões/ano a partir de 2035, segundo o Ministério da Previdência Social; ou seja, apenas 50% do atual déficit. Contudo, só atingirão as novas contratações, até lá o contribuinte arcará com o incoerente e crescente déficit que os atuais inativos originam e que os quase 2 milhões de servidores ainda ativos causarão quando se aposentarem. A solução é medíocre, paliativa e absurdamente distante da realidade brasileira. Apenas agrada a quem não se inteirou dos fatos e números. Fato ainda, que esse “fundo previdenciário” a ser criado, se juntará ao outros que chegam a 8,1 % do PIB e que já estão sob a administração de pessoas conhecidas da malta petista – José Dirceu; Luiz Gushiken, e Ricardo Berzoini, que “por acaso” é o relator desse projeto de lei na Câmara. O Estado paga mal e injustamente. Não há como conceber um Juiz brasileiro receber, no mínimo e sem as benesses, tal qual um Juiz Federal norte americano, lá onde a renda per capita é 4,5 vezes maior que a daqui. Tal qual conceber que uma dessas “excelências” receba ao ano, com suas imorais benesses, aquilo que três dúzias ou mais de policiais, professores, ou médicos nos serviços públicos recebem. A proposta que o Governo apresenta pode ser salutar quanto às novas contratações e vem com atraso de décadas; porém também é necessário, tal qual nas economias sérias ou nas que estão forçosamente se ajustando neste específico sentido- aposentadoria dos servidores públicos (Grécia, Portugal e Espanha), a redução da “taxa de reposição”; ou seja, da relação do valor do benefício para com a última remuneração do servidor. Enquanto no Brasil é de 100%; ou muito próxima a isso; nas nações ricas da OCDE, variam aos seus servidores entre 50% e 65%% no máximo. Tal qual a existente no Brasil não há mais nenhuma, a que se assemelhava era a grega, e que foi rebaixada compulsoriamente na recente renegociação de sua dívida a no máximo 57%, a depender do valor do benefício e valendo de imediato para os atuais aposentados do serviço público. No Brasil não só isto bastaria, é necessário ainda que os reajustes doravante ocorram apenas pela variação do INPC e não pela paridade dos colegas da ativa que recebem produtividade. Assim, talvez em 2035 a sociedade brasileira deixe de ser exageradamente espoliada por uma minoria – “os cidadãos de primeira classe, os servidores públicos federais” – que oferecem serviços de quinta categoria diante das necessidades da nação que sobejamente lhes paga. Oswaldo Colombo Filho colomboconsult@gmail.com São Paulo

*
APOSENTADOS E DROGADOS

Auxílio-doença a drogados já preocupa a Previdência? O pagamento desse auxílio varia entre um salário mínimo a R$ 3.916, sendo que o valor médio pago é de R$ 861? É revoltante para o aposentado que trabalhou arduamente durante 30, 35 ou mais e pagou seus tributos em dia; milhares recolheram à Previdência para terem uma velhice digna e hoje achatados, recebem muito aquém daquilo que teriam direito e vivem quase na indigência, ou na dependência de terceiros. Que País é esse: tratando o idoso aposentado como pária da sociedade e drogados tratados como coitadinhos? O que pretendem nossos legisladores, inda mais agora com projeto prevendo tratar "pequenos traficantes" com brandura? Será que os "incomuns" pretendem um País de zumbis e mortos de fome dos bolsas tudo, para dominarem e se refestelarem com as mordomias do poder? Aparecida Dileide Gaziolla rubishara@uol.com.br São Bernardo do Campo



HOMEM CHIQUE

Se não existe no Brasil uma prisão adequada com ar condicionado, frigobar, lagostas a termidor, champagne viuve glicout, para prender o assassino na Nakashima, o ilustre Misael Bispo, imaginem se eu cometer um crime algum dia, eu sou muito mais chique que ele, bem nascido, tenho 2 faculdades, sou muito mais bonito,terei que ser preso no Copacabana Palace, ou no George v de Monte Carlo, em Mônaco, o Brasil é o único país no mundo que o criminoso vira celebridade e tem direitos, quem trabalha e tem empresas bens, paga muito e é constantemente perseguido, preso, morto, e melhor o povo gosta, pelo amor de Deus, que palhaçada. Roberto Moreira da Silva rrobertoms@uol.com.br São Paulo

*
INJUSTIÇA

Por que não apagar da Constituição brasileira o artigo 1º que reza "somos todos iguais perante a Lei? Antonio Rochael Jr.antoniorochael@gmail.com Iguape

*
SELEÇÃO BRASILEIRA, COM A CARA DO BRASIL

Começamos mal nossa preparação para uma Copa do Mundo em nosso país. Manter um goleiro que jogou machucado na última Copa, frangueiro, repetiu na Copa América e ainda está lá? Ronaldinho anda em campo até no perdido Flamengo, retorna, este zagueiro David Luiz tromba com seus companheiros, se enrola e sempre tomamos gols, andam lembrando de Robinho? Estão brincando, este saiu muito tardiamente, temos no país jogadores que não perderam suas características, nestes devia sem investido nosso selecionado, muito mais raça veríamos. Daniel Alves mostra um futebol diferente do Barcelona, lá se entrega de corpo e alma, aqui faz muitas graçinhas, perde passes em demasia. Portanto temos uma equipe com um técnico que não mostra a táticas, desfila moda também, não temos jogadas ensaiadas. Tudo é falta de tempo, parte da imprensa sempre lhe dá razão. Imaginem perdermos uma Copa aqui, a votação do carnaval em São Paulo deu mostras de uma torcida enfurecida, de que são capazes. Nos últimos anos neste país os errados têm mais razão dos que certos. Ninguém é preso, ninguém devolve o roubo, como este goleirinho. Com esses jogadorezinhos europeizados ficaremos à deriva, e logo na largada. Dá pena, ganhando de um adversário inexpressivo como este e com gol contra, cairemos no ranking, certamente. Julio Jose de Melojulinho1952@hotmail.com São Paulo

*
PRÓXIMOS!

Para salvar a pele de Mano Menezes, Andres Sanchez já acertou amistosos contra Ilhas Faroe, San Marino e Lichtenstein.Luiz Henrique Penchiari Jr. luiz_penchiari@hotmail.com Vinhedo

*
O HEXA

É de tal incompreensível que o desqualificado Mano seja o técnico da seleção milionária brasileira que para-se para pensar. O momento “corintiano” imposto pelo torcedor numero um nunca deu ponto sem nó, alojou a turma toda também no futebol e levantou o clube que caia pelas tabelas. Com dinheiro, com prestigio e proteção, o corintianismo domina a cena : o técnico é o mano da casa, o chefe de seleções é outro mano, o invejoso, o estádio que sempre foi piada, aconteceu, parece , e, segundo comentaristas, o apito mantém-se mais amigo, os inimigos sofrem toda a sorte de boicotes e dificuldades, até para aprovar um projeto, e os cambalachos da CBF continuam vivos e ricos com ameaças nunca cumpridas de punição à corrupção que o mundo todo já sabe. Identifica-se, às claras, os nove dedos do modo petista de gestão. E, parando para pensar, só uma coisa pode explicar todo este estado de coisas que todo mundo acaba aceitando, igual acontece quanto ao governo que cai pelas margens da corrupção que acomete os três poderes da Republica . Fica-se com a impressão clara que no acordão feito com a Fifa, deve ter sido incluída a taça como parte do pagamento, porque com a incompetência do dito mano não há como crer que aconteça.Ronaldo Parisi rparisi@uol.com.br São Paulo



FOLHA DE SÃO PAULO - SP



Pesca
Depois da senadora Ideli Salvatti e do deputado federal Luiz Sérgio, agora chegou a vez do senador e pastor evangélico Marcelo Crivella, que possui renomada experiência como pescador de
almas, assumir como o terceiro ministro da Pesca do governo de Dilma Rousseff.
Victor Germano Pereira (São Paulo, SP)



CBF
O erro fatal do futebol brasileiro de manter Ricardo Teixeira na presidência da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) só adiará sua queda para 2014, quando o Brasil perder a Copa em casa.
Luiz Roberto Da Costa Jr. (Campinas, SP)



Parque de diversões

(a foto estampada ontem nos telejornais da noite, derrubou o relatório desse engº. Hop Hari deveria ser fechado por ser irresponsável. Esse acontecimento trágico mostra como anda a impunidade em nosso país. -Agnes)
É inaceitável a tentativa de atribuir somente à falha humana o acidente ocorrido no Hopi Hari ("Engenheiro de parque descarta falha mecânica","Cotidiano", ontem). É inconcebível que um equipamento de tamanho risco não possua um mecanismo que impeça sua movimentação no caso de travas não acionadas.
José Marcelino de Rezende Pinto (Ribeirão Preto, SP)



Farc
A maioria dos brasileiros não se sente nem um pouco lisonjeada de ver seu país ser um dos interlocutores entre as Farc e o governo da Colômbia. As Farc não passam de um grupo de narcoterroristas.
Maria Cristina Rocha Azevedo (Florianópolis, SC)



Foro privilegiado
Na reportagem "Entidades querem fim de foro privilegiado" ("Poder", 27/2), houve omissões e distorções em declarações que fiz ao repórter que me procurou. Ao ser questionado sobre a manutenção do privilégio de foro, declarei não estar seguro de que a extinção dessa prerrogativa levaria a uma melhoria na velocidade dos processos, não sendo impossível que viesse a piorá-la. Como isso foi omitido, a entidade que represento foi indevidamente incluída entre aquelas que definitivamente defendem o fim do instituto. Para repetir: eu não sei.
Sobre o Ministério Público, declarei que, embora tenha prestado importantes serviços ao Brasil (o que pedi explicitamente que não deixassem de mencionar), o Ministério Público é o organismo mais opaco do país, praticamente nada se conhecendo sobre sua eficiência.
Não disse que "percebemos que as investigações muitas vezes não vão para a frente por falta de vontade". Isso não significa coisa alguma.
Claudio Weber Abramo, diretor-executivo da Transparência Brasil (São Paulo, SP)



RESPOSTA DOS JORNALISTAS FERNANDO MELLO, RUBENS VALENTE E FELIPE SELIGMAN - As entidades que defendem o fim do foro, como está no texto, são as associações de juízes e procuradores da República. A Folha não disse que a Transparência Brasil apoia o fim do foro.



Equador

(quanta mentira!!!! - Esse embaixador pensa que somos idiotas e não sabemos o que se passa em seu país, que é sim, governado por um TIRANETE de meia tigela. - Agnes)
A eleição do economista Rafael Correa para a Presidência da República, há cinco anos, transformou radicalmente o Equador.
Em primeiro lugar, trouxe a tão desejável estabilidade política após dez governos na década passada. Por outro lado, vivemos um aprofundamento do sistema democrático: nos cinco anos de seu governo, a população participou sete vezes, por meio das urnas, de eleições para a Presidência, para Assembleia Constituinte, para o Parlamento, para os governos locais, assim como de plebiscitos e consultas populares, processos nos quais a coligação do governo tem triunfado por amplas maiorias, em eleições impecáveis e com observação internacional.
Em terceiro lugar, o Equador conta com uma nova Constituição e um Plano de Desenvolvimento que tem possibilitado um sustentável crescimento econômico -dos mais altos da região- e conquistas sociais transcendentais, como a redução da pobreza, da iniquidade e do analfabetismo.
Durante esse processo de profundas mudanças, o presidente Correa tem enfrentado poderosos interesses vinculados à injusta ordem anterior, chegando, inclusive, a enfrentar uma tentativa de golpe de Estado e a sofrer graves calúnias públicas contra a sua honra pessoal. Em um diário de circulação nacional, o presidente foi acusado de haver ordenado ao Exército que atirasse contra civis inocentes no interior de um hospital, o que configura um crime de lesa-humanidade. Em um livro, ele foi acusado de conhecer e de ter autorizado atos de corrupção em contratos governamentais.
O presidente exigiu dos autores provas das calúnias, além de retificação e desculpas públicas, solicitação esta que não foi atendida, pela qual apresentou querela ante os Tribunais de Justiça, que, no Equador, são autônomos e independentes, do mesmo modo que qualquer cidadão comum que tivesse sido maliciosamente difamado apresentaria.
Considero, portanto, que os fatos contradizem a versão do comentário editorial da Folha de 18 de fevereiro ("Rafael Correa, ditador", "Opinião"), que versa sobre democracia e ditadura no Equador e sobre o direito à liberdade de imprensa, que o governo equatoriano respeita e defende, ao mesmo tempo em que solicita a erradicação das acusações temerárias sem provas, visto que os cidadãos possuem também o direito de receber as informações verazes.
Horacio SevilLa Borja, embaixador do Equador no Brasil (Brasília, DF)



PAINEL DO LEITOR



Leitor elogia protecionismo do Brasil em relação à China

A correta decisão do governo brasileiro de solicitar ao governo chinês para restringir as exportações de suas empresas para o Brasil é emblemática.

Obama pressiona China em comércio exterior e direitos humanos
Contra China, Mercosul estuda ampliar lista de importados sobretaxados

Tal postura demonstra uma dura realidade, oriunda da crise sistêmica da economia neoliberal globalizada.

Todos os grandes países serão cada vez mais protecionistas, não havendo como fugir disso. Quem não defender seus mercados e parques industriais terão poucas chances de avançar nesses novos tempos competitivos.

JOSÉ DE ANCHIETA NOBRE DE ALMEIDA - RIO DE JANEIRO (RJ)



DIÁRIO DE SÃO PAULO - SP



Carta publicada de: Julio José de Melo

Para ver http://www2.diariosp.com.br/flip/



JORNAL AGORA - SP



SEGURANÇA:

Um cidadão dominou e imobilizou um ladrão de carro por uma hora até a polícia chegar. As imagens são inacreditáveis. A nossa situação parece mais um salve-se quem puder. Nós estamos por nossa própria conta.

José Marques, Capital



VALOR ECONÔMICO - SP



Perigo nuclear

Segundo revelações do "The Wall Street Journal", transcritas pelo Valor, as altas autoridades japonesas temeram pelo pior, a destruição total de Tóquio, caso se positivasse o "cenário pior", é dizer, uma reação diabólica em cadeia dos vazamentos radioativos, a partir de Fukushima e com alastramento para usinas e reatores interdependentes. É evidente que, nessas ocorrências, os governos não escancaram as informações, sob pena de eclodir um pânico popular generalizado e incontrolável. O que é inadmissível é permanecer o planeta sob o risco de destruição nuclear, não apenas em decorrência de ações humanas deliberadas e tresloucadas, mas também de acidentes de efeitos irreversíveis que ocorram nas usinas empregadas para fins pacíficos.

Amadeu Garrido - amadeugarridoadv@uol.com.br



Ainda as sacolinhas

Eu respeito o planeta, mas não aceito que as sacolas sejam tiradas do mercado usando o truque da pseudossustentabilidade. Jamais acreditei que o Procon apoiaria tal medida enfiada goela abaixo do consumidor sem exigir uma contra partida. Se os donos de mercados querem retirar as sacolas plásticas que são pagas por nós por que não fornecer as retornáveis sem cobrar, já que os preços das sacolas sempre estiveram embutidos nos preços das mercadorias?

Izabel Avallone - izabelavallone@gmail.com



DESTAK -SP/ CAMPINAS



CURA GAY

A leitora Paula Regina, que comentou ontem neste espaço a reportagem "Evangélicos se mobilizam para legalizar 'cura' de homossexuais"(28/2): hoje, qualquer psicólogo pode tratar dos problemas que podem emergir do fato de uma pessoa ser gay. Infelizmente, não é essa a novidade que esses parlamentares querem inaugurar. O Conselho Federal de Psicologia proíbe tratamento para transformar gays em heterossexuais, o que não passa de um charlatanismo. E é isso que a bancada evangélica pretende modificar.
ABELARDO ONOFRE GOMES



ESPANHA

Até que enfim o Brasil se posiciona como um país mais independente e adota a reciprocidade no tratamento aos estrangeiros que entram no país. ("Espanha critica exigências brasileiras", 29/2) Nós, brasileiros, seguimos sofrendo muitos constrangimentos, tratados como gente de segunda classe e sempre olhados com desconfiança. Parabéns ao governo que, enfim, toma uma atitude.
WILMA GUILAYN



SELEÇÃO DÁ VEXAME

Mano Menezes está a frente da Seleção há mais de 15 meses e ainda não conseguiu montar um time e um padrão de jogo. Com ele, não vamos a lugar algum. Na terça-feira, mais uma vez, foi um vexame. Contra a "poderosa e aguerrida" Bósnia, não fosse a infelicidade do zagueiro que fez um gol contra, não teríamos conseguido ganhar. A Seleção não tem esquema e conta com jogadores que parecem convocados por patrocinadores. O treinador já deveria ter sido trocado. Ainda dá tempo, ou teremos um novo Dunga.
VARTENIS LIMA



DESTAK RIO/BRASÍLIA



CURA GAY................. publicada no Destak SP/Campinas

ESPANHA...................idem



MANCHETE NO DESTAK - BRASÍLIA



AGNELO CORTA 10% DO PRÓPRIO SALÁRIO

Medida faz parte de pacote de redução das despesas do Executivo com folha de pagamento de pessoal


O governador Agnelo Queiroz decidiu cortar 10% do salário pago a ele mesmo, ao vice-governador, aos secretários de Estado e aos administradores regionais. A decisão foi anunciada ontem e faz parte de um conjunto de medidas que o Governo do Distrito Federal vai adotar para tentar atingir em 2012 uma economia de R$ 153 milhões com a folha de pagamento do Executivo local. Leiam mais no site:

http://www.destakjornal.com.br/readContent.aspx?eid=2314&id=50,129115



METRO - SP



HADDAD

Em entrevista ao portal Terra, o candidato do PT a prefeitura, Fernando Haddad, declarou que os paulistanos querem um prefeito que cumpra o mandato. Faço um reparo: paulistanos querem prefeito que cumpra " bem" o seu mandato. Talvez Haddd tenha omitido o advérbio "bem" porque o desqualificaria para a eleição.

Ronaldo Gomes Ferraz



METRO - CAMPINAS

http://www.readmetro.com/en/brazil/metro-campinas/ página 10 - coluna Leitor Fala"



DECISÕES DE JUIZES

Zuleica Fernandes - Campinas -SP



BOM DIA ABCD - SP



VINHOS BRASILEIROS - É um absurdo as vinícolas nacionais proporem à presidente Dilma que coloque barreiras na importação dos vinhos estrangeiros para incentivar o consumo dos vinhos nacionais. Ora, apesar de nossos vinhos estarem a ganhar qualidade , ainda não nos ombreamos nem com os chilenos...Se Dilma se sensibilizar com a proposta nos vinicultores, vai nos condenar à mais absoluta falta de opção. Será que já estamos na fase de cubanização de nossa economia? Por outro lado, seria bom que Dilma desse uma atenção especial ao setor de calçados...nossa indústria parece ter se transferido para a China , abrindo milhares empregos para os chineses. Nem tanto ao mar, nem tanto à terra...

Mara Montezuma Assaf



HUGO CHAVEZ - O presidente Hugo Chávez foi operado, mas continua preso ao poder. Sua saúde deveria ser sua prioridade, mas o déspota está preocupado com a sucessão presidencial e com possíveis traidores infiltrados no chavismo mascarados de progressistas. A raposa perde o pelo, mas não perde a vergonha. É o que acontece com quem chega ao poder de forma autoritária. Depois de instalado, Chávez, prepotente que é, passa o tempo fazendo ameaças aqueles que defendem uma eleição limpa e a alternância no poder. Chávez disse que com câncer ou em câncer disputará seu quarto mandato. Foi longe demais, esqueceu-se de que há um Deus que é quem vai dizer o que será melhor ao povo Venezuelano. Vamos aguardar quem de fato manda. Izabel Avallone



ACIDENTE NO PARQUE

Apesar de pertencer à classe dos "enta" (idade a partir dos quarenta) sempre gostei de parque de diversões. Portanto quando foi inaugurado o Hopi Hari aqui em S.Paulo, fiz questão de prestigiar, apesar de ser olhada com certo preconceito pelos acompanhantes das crianças e/ou adolescente, que se limitavam a ficar apreciando as atrações. Fiquei até orgulhosa pois tinhamos um parque nos moldes dos parques da Flórida, onde adultos e crianças se divertem juntos. Na terceira (e última) visita, comecei a ficar temerosa, pois anotei e informei, via e-mail, as observações de segurança que percebi serem mínimas. Logo, o acidente fatal da adolescente nesta semana foi chocante, mas não me surpreendeu. Nessa mesma Torre Eifel, percebi que a preocupação dos orientadores eram os artigos passiveis de perda - como óculos (apesar de eu ter corrente de proteção, presa ao pescoço) e bonés - ninguém se dá ao trabalho de verificar se as travas estão presas, como declarou um dos frequentadores às câmaras de TV, no dia do fatídico evento. A receita perfeita para uma tragédia anunciada: falta de visão dos responsáveis pelo parque, somada à falta de preparo dos atendentes e principalmente falta de manutenção adequada - um dia alegre no parque se transformou em luto para a família e amigos.
Aparecida Dileide Gaziolla



TÉCNICO DA SELEÇÃO - Paulo Panossian

HOSPITAIS E CLÍNICAS NÃO RESPEITAM NOVA LEI - Turíbio Liberatto.



BOM DIA SOROCABA - SP



TIRIRICA PREFEITO - PR tem intenção de lançar Tiririca para prefeito de São Paulo!!! É bom lembrar que ele só conseguiu um número recorde de votos para deputado porque aqui em São Paulo está a maior concentração de nordestinos, fora do nordeste. Não por acaso, ao ser perguntado , na época, por que se lançara candidato por São Paulo e não pelo Ceará, candidamente respondeu bem ao seu estilo: "porque aqui tem mais abestados que lá". Para prefeito desta cidade precisamos de gente capaz, não de alguém que se elegeu graças ao bordão "pior do que está não fica" ! Até hoje Tiririca não deu um passo sequer sem a ajuda de seus assessores , perenemente tutelado por gente do partido que cuida para que não dê um passo em falso pois ele é o coringa desta sigla. Só nos faltava essa...existir a possibilidade de termos um prefeito-marionete do PR em São Paulo...é ruim demais! Mas o PR , partido nanico, graças ao Tiririca e seu voto de protesto, conseguiu eleger mais 3 deputados federais, por isso, para eles é tudo de bom! Mas para melhorar o Brasil nosso voto tem que ser escolha responsável, não pode ser mera expressão de modismo, de bordão nem brincadeira. Muito menos o eleitor ser um joguete de qualquer partido. Mara Montezuma Assaf



DIÁRIO DO GRANDE ABC - SP



Que país é esse?

Auxílio-doença a drogados já preocupa a Previdência? O pagamento desse auxílio varia entre um salário mínimo a R$ 3.916, sendo que o valor médio pago é de R$ 861? É revoltante para o aposentado que trabalhou arduamente durante 30, 35 ou mais e pagou seus tributos em dia; milhares recolheram à Previdência para terem uma velhice digna e hoje achatados, recebem muito aquém daquilo que teriam direito e vivem quase na indigência, ou na dependência de terceiros. Que País é esse: tratando o idoso aposentado como pária da sociedade e drogados tratados como coitadinhos? O que pretendem nossos legisladores, inda mais agora com projeto prevendo tratar "pequenos traficantes" com brandura? Será que os "incomuns" pretendem um País de zumbis e mortos de fome dos bolsas tudo, para dominarem e se refestelarem com as mordomias do poder?
Aparecida Dileide Gaziolla



DIÁRIO DE GUARULHOS - SP



Sindicato

O discurso dos sindicatos está ultrapassado. Há mais de 30 anos que escuto a mesma ladainha: que o aposentado precisa ceder o lugar para o trabalhador jovem. Oh canseira. Por mais que tenhamos evoluído, a empresa sempre precisa de gente experiente para dar um seguimento sólido ao trabalhador jovem. O aposentado não deve ser obrigado a continuar trabalhando, mas caso ele queira, o sindicato deve apoiar e exigir das empresas um limite de vagas, assim como fizeram com o portador de deficiência. Essas vagas devem ser analisadas junto com a necessidade e a possibilidade do aposentado ocupar. Isso não deve ser um bicho de sete cabeças para empresas que têm em seu quadro de funcionários especialistas nesses assuntos. A gente sabe que esse discurso é somente para ganhar o voto do jovem, mas se modernizar e ampliar, poderia também levar o voto do aposentado. A outra opção seria fazer uma varredura no meio político, acabar com essa história de político ter várias aposentadorias gordas, mas nunca assumir ser um aposentado. Essa seria a melhor opção, levando em consideração que a influência política é que gera o problema. Desse jeito todo mundo vai querer ter um padrinho político, até eu tô querendo um, e cada um votaria no seu padrinho que facilitou o seu emprego. Agora me diz, esse discurso resolve o problema do pobre trabalhador honesto?

Helena Rolon

Jardim Moreira



JORNAL DA CIDADE DE BAURU/SP



ELOGIO A QUEM MERECE

Há tempos estou para escrever a esta coluna, a fim de dar um voto de louvor ao chargista Fernando. Não é fácil criar, a cada dia, um motivo diferente, uma piada nova tendo ainda de associá-la a um desenho correspondente. Com traços firmes e textos inteligentes, Fernando brinda-nos sete vezes por semana com quadros e frases inteligentes. É um dom que poucos têm. Uma vez, Millôr recebeu um conselho de um amigo: “Se você tem alguma qualidade, disfarce ou esconda. O mundo não foi feito para competentes.” Infelizmente, é assim mesmo. Mas não se esconda, não. Vá em frente, Fernando, que muitos saberão reconhecer seu valor.
Maria da Glória De Rosa



IMPRENSA LIVRE - LITORAL NORTE - SP


Tiririca para prefeito
O PR tem intenção de lançar Tiririca para prefeito de São Paulo! É bom lembrar que ele só conseguiu um número recorde de votos para deputado porque aqui em São Paulo está a maior concentração de nordestinos, fora do nordeste. Não por acaso, ao ser perguntado, na época, por que se lançara candidato por São Paulo e não pelo Ceará, candidamente respondeu bem ao seu estilo: “porque aqui tem mais abestados que lá”.
Para prefeito desta cidade precisamos de gente capaz, não de alguém que se elegeu graças ao bordão “pior do que está não fica”! Até hoje Tiririca não deu um passo sequer sem a ajuda de seus assessores, perenemente tutelado por gente do partido que cuida para que não dê um passo em falso, pois ele é o coringa deste partido.
Só nos faltava essa...existir a possibilidade de termos um prefeito-marionete do PR em São Paulo...é ruim demais! Mas o PR, partido nanico, graças ao Tiririca e seu voto de protesto, conseguiu eleger mais 3 deputados federais, por isso, para eles é tudo de bom! Mas para melhorar o Brasil nosso voto tem que ser escolha responsável, não pode ser mera expressão de modismo, de bordão nem brincadeira. Muito menos o eleitor merece ser um joguete de qualquer partido.
Mara Montezuma Assaf
por email, São Paulo

Dormindo no trabalho?
Depois de 12 anos dormindo em alguma - ou várias - gaveta, a Câmara Federal aprovou a lei que iguala as aposentadorias de servidores públicos às dos aposentados do INSS. No Judiciário os processos também levam vários anos a ter a sentença de um Juiz e os perdedores entram com infindáveis recursos. Essas demoras injustificáveis são resultado de leis mal feitas e não reformadas para corrigir os erros. Afinal tanto o Legislativo como o Judiciário não tem horário fixo, mas tem férias estendidas, recessos, auxílios, isso e aquilo, etc. As associações de juízes defendem as férias de 60 dias, alegando que o trabalho é estafante; mas alguns vendem metade das férias. Empregaços...
Mário A. Dente
por email, São Paulo

Mais um blefe
MEC confirma novo piso para os professores no valor de R$ 1.451,00, ou 22,2% de aumento já a partir de 2012. Até ai, tudo bem!
Mas, eu e toda população brasileira também gostaria de saber, de quando que este relapso governo vai cortar 22,2% nas despesas improdutivas, que desde 2003 vem consumindo boa parte da arrecadação federal, e impedindo investimentos prioritários, reajustes acima da inflação para aposentados que ganham acima de um mínimo, também para policiais, profissionais da saúde e, lógico, salários mais dignos aos sofridos mestres que cuidam da educação dos nossos filhos?!...
Paulo Panossian
por email, São Carlos



O GLOBO - RJ



Bebidas na Copa

Quanto será esse lucro que a Fifa terá com a venda de bebidas alcoólicas durante a Copa do Mundo de 2014, que está provocando essa imensa celeuma? Será que a quantia justifica fazer o Brasil ter que alterar uma de suas leis, e passar recibo de colônia obediente? Não seria o caso de o governo avaliar se, em vez de sofrer um imenso desgaste, com prejuízo de sua imagem internacional, reembolsar a Fifa pelo lucro presumido com a venda de cervejas?

RONALDO GOMES FERRAZ - Rio



MP e dicionário

Membros do MP querem tirar o dicionário Houaiss de circulação pelo “caráter discriminatório e preconceituoso” de algumas definições descritas como de ‘uso pejorativo’ no verbete cigano. Pela lógica politicamente correta da Justiç, cabem dezenas de outras ações “por dano moral coletivo” na obra do filólogo. Cabe-nos uma simples e humilde pergunta: será que nos nossos promotores não têm nada mais sério e importante para cuidar?

ASDRUBAL GOBENATI - Rio



O DIA - RJ



Fifa quer mandar e desmandar no Brasil



A Fifa exige que o Congresso Nacional aprove o projeto de Lei Geral da Copa, que concede a mesma poderes ilimitados dentro do território nacional. Portanto, durante todo o ano da Copa do Mundo de 2014, a Fifa vai fazer e desfazer aqui no Brasil. Diante desta nova realidade seria bom mudar o apelido de "Casa da Mãe Joana" para "Casa da Mãe Fifa". Entre muitos absurdos a Fifa vai ter isenção de impostos sobre todos os produtos das empresas que sustentam o bando que controla o futebol mundial. A farra vai ser inesquecível. Nada de Lei Seca. Bastante alcool para estimular a bebedeira nacional. O assalto aos cofres públicos não vai ser feito apenas por corruptos nacionais, mas também por quadrilhas milionárias do primeiro mundo. Não será exigido visto de entrada no Brasil para qualquer membro da Fifa, nem para os torcedores estrangeiros que tenham comprado ingressos para os jogos. Qualquer prejuízo que a Fifa tenha o Brasil deverá pagar. Os vigaristas internacionais poderão entrar a vontade no Brasil, desde que apresentem um bilhete de entrada para algum jogo da Copa. Vai ser uma loucura inesquecível. O ano de 2014 deverá entrar para a história como sendo o ano em que o Brasil foi governado pela Fifa. Diante deste quadro surrealista, acho que a presidência do Brasil em 2014 deveria ser entregue ao chefão Ricardo Teixeira e criado o cargo de primeiro-ministro para o espertalhão Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa. Há muitos anos atrás o General Francês Charles Degaule disse uma coisa muita certa: "O Brasil não é um país sério".

Wilson Gordon Parker



GAZETA DO POVO - PR



Frota do TJ 2

Enquanto isso o povo não tem direito a uma educação de qualidade, segurança, saúde. Esse Brasil mudará quando?
Pedro Baptista, Guarapuava – PR

Frota do TJ 3

Verdadeiro desperdício do dinheiro público. O TJ deveria assegurar o cumprimento dos princípios da legalidade e da probidade administrativa. São privilégios caros, desnecessários e imorais, que vão ser pagos pelo contribuinte, sob o pseudoargumento de trazer segurança aos desembargadores.

Eduardo Cambi



Serviço público

Fui classificado em terceiro lugar para médico gastroenterologista em um concurso do estado realizado em 2009. Todos os atuais médicos do estado do Paraná estão em final de carreira. Não há médicos e todos sabem disso, porém não somos convocados! Isso mostra que há anos não havia concursos, sucateando-se a estrutura e o material humano.

Leiber Caum



FOLHA DE LONDRINA - PR



Salário dos professores
Lamentável alguns governadores reclamarem no Congresso sobre a forma de reajuste do piso nacional do magistério. A lei preconiza que nos municípios ou estados que não conseguirem honrar o piso do magistério a União entrará com recursos. Para isso, basta o município ou Estado prestar contas à União e justificar a necessidade da solicitação. Qual município ou Estado quer prestar contas e ''mostrar'' as suas finanças para o govern o federal pleiteando mais recursos? Estes, diante de uma má gerência da administração, preferem fazer lobby para mudar a lei e, infelizmente, desvalorizar o profissional responsável para um futuro melhor para a nação: o professor.
JONAS VIEIRA DA COSTA (professor) - Londrina



CORREIO DO POVO - PORTO ALEGRE - RS



Lixo (esse exemplo deveria ser seguido por várias cidades...mas não está sendo assim! - Lígia)

Sempre tive consciência e preocupação com o lixo reciclável. Morei muitos anos em casa e guardava o lixo seco. Aos domingos, a papeleira vinha buscá-lo. Faz um ano que a Prefeitura de Passo Fundo colocou contêineres nas ruas, e eu fiquei contente porque seria bem prático colocar o lixo separado diariamente. No entanto, fiquei indignada ao constatar que as pessoas não separam os lixos adequadamente. Então, voltei a guardar em casa o lixo reciclável para que um responsável da Socrebe desse o destino correto a ele. Parabéns à prefeitura, que atua com caminhões separados na coleta e também lava os contêineres. Sugiro que façam mais campanhas de conscientização à população e que estendam aos demais bairros e vilas envolvendo toda cidade devido à grande importância do destino do lixo ao meio ambiente e à nossa saúde.
Maria José Rorato, Passo Fundo




Saúde

O corte nas despesas previstas no orçamento da União para 2012, destinado ao pagamento de juros da dívida pública interna, atinge a área da saúde com R$ 5,47 bilhões - 10% do total do corte. Esse corte na saúde será sentido pela população de menor renda a penas, pois a classe mais abastada não frequenta os consultórios do SUS, usufrui de um benefício fiscal, abatendo os gastos com saúde do tributo ao Imposto de Renda.
Nelson Cirtoli, Arroio do Sal



Rodovias

Afora os estados amazônicos, mais cortados por água do que por terra, o Rio Grande do Sul deve ser o setor viário do país onde menos existem estradas asfaltadas. Há mais de um século aguarda-se asfalto nas rodovias Bagé - Lavras do Sul e Bagé - São Gabriel, praticamente intrafegáveis no inverno. Se cada governador passado tivesse asfaltado pelo menos 10 quilômetros em sua gestão, a pavimentação de Bagé a Lavras do Sul estaria concluída há décadas!
George Teixeira Giorgis, Bagé



JORNAL DO COMÉRCIO DE PORTO ALEGRE - RS



Tarso e Garzón

Tarso ocupou, em 15 de fevereiro, generoso espaço democrático no Jornal do Comércio. Contudo, tal espaço não existe na mídia de Cuba e está sendo sufocado pelo neossocialismo bolivariano na Venezuela, Equador, Argentina e alhures. Tarso valeu-se da coluna de opinião do Jornal do Comércio para criticar o Judiciário espanhol pela condenação do companheiro Garzón, como já havia feito o mesmo com a justiça da Itália, no caso do criminoso Battisti. Lembramos que Garzón queria condenar Pinochet, quando este estava em tratamento de saúde na Inglaterra. Pinochet livrou o Chile do comunismo e fez de seu país modelo de desenvolvimento. Na mesma ocasião, pasmem, o ditador Fidel, trajando terno e gravata, viajava livremente e faceiro por diversos países europeus, enquanto este mesmo juiz Garzón nada fez para condená-lo. Constatamos que Churchill tinha razão quando disse: “A democracia é boa porque pode ser abusada e explorada”. (José Nestor Klein, Porto Alegre)



PIONEIRO - CAXIAS DO SUL - RS



DESFILE

Lastimável e anacrônica a posição do presidente da Festa da Uva, Gelson Palavro, sobre o acesso de idosos e deficientes às arquibancadas do desfile.A temática do corso é sobre os valores da imigração, mas os legítimos representantes da história sequer têm seu direito constitucional do Estatuto do Idoso assegurado pela organização da Festa da Uva.Isto não é fazer festa comunitária. É só querer fazer dinheiro.Vera Mari Damian Jornalista, Caxias



DIÁRIO DA MANHÃ - GO



COPA ASSIM, NÃO VAI!

Bósnia 1 X 2 Bóstia (a seleção de Mano Menezes), ou seja, uma vitória apertada, e conseguida ao apagar das luzes, sobre uma equipe bem fraquinha.
O Brasil não merece estar em 7º lugar no ranking da FIFA: merece estar muito abaixo, com esse futebolzinho de quinta categoria mostrada por esse bando de craques que, nas mãos de Mano, não conseguem formar uma verdadeira seleção.

Ronaldo Gomes Ferraz



VAI MAL!

Começamos mal nossa preparação para uma Copa do Mundo em nosso país. Manter um goleiro que jogou machucado na última Copa, frangueiro, repetiu na Copa América e ainda está lá? Ronaldinho anda em campo até no perdido Flamengo, retorna, este zagueiro David Luiz tromba com seus companheiros, se enrola e sempre tomamos gols, andam lembrando de Robinho? Estão brincando, este saiu muito tardiamente, temos no país jogadores que não perderam suas características, nestes devia sem investido nosso selecionado, muito mais raça veríamos. Daniel Alves mostra um futebol diferente do Barcelona, lá se entrega de corpo e alma, aqui faz muitas graçinhas, perde passes em demasia. Portanto temos uma equipe com um técnico que não mostra a táticas, desfila moda também, não temos jogadas ensaiadas. Tudo é falta de tempo, parte da imprensa sempre lhe dá razão. Imaginem perdermos uma Copa aqui, a votação do carnaval em São Paulo deu mostras de uma torcida enfurecida, de que são capazes. Nos últimos anos neste país os errados têm mais razão dos que certos. Ninguém é preso, ninguém devolve o roubo, como este goleirinho. Com esses jogadorezinhos europeizados ficaremos à deriva, e logo na largada. Dá pena, ganhando de um adversário inexpressivo como este e com gol contra, cairemos no ranking, certamente.

Júlio José Melo



FUTEBOL ACOVARDADO

O Mano Menezes está longe de ser o treinador ideal para nossa seleção. Foi contratado para renovar o time, mas depois de quase dois anos de preparação ainda não temos nem um esboço de um time! E na partida contra a Bósnia, o Mano insiste teimosamente com o decadente Ronaldinho Gaucho, preterindo o Ganso como titular. E para piorar, escala três volantes como se um empate fosse um resultado bom!
Mais uma vez nesta era Mano vimos um futebol brasileiro acovardado e sem criatividade. Ou seja, medíocre! E com toda sinceridade esta vitória de 2 X 1 sobre a Bósnia foi injusta... E com essas e outras, o Brasil vai se aproximando da Copa de 2014 mais para ser coadjuvante do que protagonista! Que pena...

Paulo Panossian



COLÔNIA OBEDIENTE

Quanto será esse lucro que a FIFA terá com a venda de bebidas alcoólicas durante a Copa do Mundo de 2014, que está provocando essa imensa celeuma? Será que a quantia justifica fazer o Brasil ter que alterar uma de suas leis, e passar recibo de colônia obediente?
Não seria o caso do governo avaliar se não seria mais negócio, em vez de sofrer um imenso desgaste, com prejuízo de sua imagem internacional, reembolsar a FIFA pelo lucro presumido com a venda de cervejas?

Ronaldo Gomes Ferraz



BRAVA LUTA

É isso mesmo, ministra Eliana Calmon! Bandidos de toga e vagabundos de toga têm que ser identificados e punidos. O povo brasileiro sabe que o Judiciário é majoritariamente composto por magistrados sérios, honestos e qualificados, mas para o bem da nação, e do próprio poder, essa parcela de joio tem que ser separada do trigo. Continue com essa sua brava luta que estaremos, agradecidos, aplaudindo cada vez mais o seu trabalho

Ronaldo Gomes Ferraz



CÂNCER

Na festa de comemoração dos 32 anos do partido do governo, o alcaide paulistano, em missa de corpo presente, ouviu elogios sobre sua administração. Depois que Kassab mudou de rumo e passou a apoiar a candidatura de Serra para a prefeitura, começou a ser criticado pelo PT. Esse partido é um exemplo da negação da ética e da moral e continua sua marcha para destruir o país. Já comprou o Poder Legislativo, destruindo a oposição, e desmoralizou o judiciário com suas imorais indicações para a suprema corte do país. Sucateou as forças armada e tenta amordaçar a imprensa. Esse partido é um câncer na laringe do Brasil.

Humberto de Luna Freire Filho



TARDE DEMAIS

Alguém já disse que quando um governo quer melar uma investigação sobre qualquer assunto, logo trata de formar uma Comissão... Digo isso, porque Comissões do Senado se predispõem a discutir o acidente que , parece, começou por algum problema elétrico...

Ninguém fala que desde 2006 os militares se queixam da falta de investimento na base que só funcionava graças aos heroicos militares e pesquisadores que lá trabalhavam em condições precárias .

Daí vem a presidente Dilma e seu ministro Valdir Raupp lamentar as perdas humanas e materiais ...e se propõem a reconstruir de forma melhorada a base! Certo, as perdas materiais eles podem repor, já as humanas é impossível. E precisou pegar fogo para que os investimentos aparecessem? Não sairia mais barato ter investido através do tempo modernizando as instalações e os equipamentos para pesquisa?

Daí me vem um pensamento negro: pelo visto neste país as coisas só melhoram depois que pegam fogo...e nós, ingênuos acreditando na faxina ministerial!

Se for por falta de fogo...

Mara Montezuma Assaf



O BRASIL NÃO É UM PAÍS SÉRIO

A Fifa exige que o Congresso Nacional aprove o projeto de Lei Geral da Copa, que concede a mesma poderes ilimitados dentro do território nacional. Portanto, durante todo o ano da Copa do Mundo de 2014, a Fifa vai fazer e desfazer aqui no Brasil. Diante desta nova realidade seria bom mudar o apelido de "Casa da Mãe Joana" para "Casa da Mãe Fifa". Entre muitos absurdos a Fifa vai ter isenção de impostos sobre todos os produtos das empresas que sustentam o bando que controla o futebol mundial. A farra vai ser inesquecível. Nada de Lei Seca. Bastante alcool para estimular a bebedeira nacional. O assalto aos cofres públicos não vai ser feito apenas por corruptos nacionais, mas também por quadrilhas milionárias do primeiro mundo. Não será exigido visto de entrada no Brasil para qualquer membro da Fifa, nem para os torcedores estrangeiros que tenham comprado ingressos para os jogos. Qualquer prejuízo que a Fifa tenha o Brasil deverá pagar. Os vigaristas internacionais poderão entrar a vontade no Brasil, desde que apresentem um bilhete de entrada para algum jogo da Copa. Vai ser uma loucura inesquecível. O ano de 2014 deverá entrar para a história como sendo o ano em que o Brasil foi governado pela Fifa. Diante deste quadro surrealista, acho que a presidência do Brasil em 2014 deveria ser entregue ao chefão Ricardo Teixeira e criado o cargo de primeiro-ministro para o espertalhão Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa. Há muitos anos atrás o General Francês Charles Degaule disse uma coisa muita certa: "O Brasil não é um país sério".

Wilson Gordon Parker


http://www.dmdigital.com.br/novo/?ref=dmsite#!/view?e=20120301&p=17

NÃO PROPONHO A CURA GAY

Lamento que alguns veículos de comunicação tenham, nos últimos dias, feito abordagem equivocada acerca do Projeto de Decreto Legislativo 234/2011, de minha autoria...........

João Campos- deputado federal - PSDB / GO



http://www.dmdigital.com.br/novo/?ref=dmsite#!/view?e=20120301&p=18

MAIS UM BLEFE

MEC confirma novo piso para os professores no valor de R$1.451,00, ou 222% de aumento já a partir de 2012...................

Paulo Panossian



http://www.dmdigital.com.br/novo/?ref=dmsite#!/view?e=20120301&p=20

A DECISÃO DE SERRA E O PROJETO NACIONAL DE MARCONI ( o articulista fala do governador de Goiás)

Murilo Falone - empresário e acadêmico de Direito


http://www.dmdigital.com.br/novo/?ref=dmsite#!/view?e=20120301&p=21

OUTRO PAÍS

Se forem contabilizadas as horas gastas com as imbelicidades que vagueiam pelos noticiáros sem fim..................

Ronaldo Parisi

DIÁRIO DE NATAL - RN

Lei a se cumprir

O governo do estado estava esperando a posição do MEC em relação ao reajuste no salário dos professores. A lei 11.738/2008 não estava sendo suficiente para que o governo cumprisse com a sua obrigação. O supremo já se posicionou - a lei é constitucional. Agora é o MEC que deve se posicionar a favor da lei e dos professores, dizendo que o reajuste a partir de janeiro de 2012 é de 22,22%. E agora, governadora, paga ou não paga? A lei vai ser respeitada ou não? É direito dos professores ou não é? Num regime democrático, uma lei aprovada pelo Congresso Nacional, sancionada pelo presidente da República, tem algum valor?
Enedino Soares, por e-mail.

Invistam melhor!

Agora não tem mais como não pagar o piso salarial dos professo res, já que o MEC definiu o reajuste de 22,23% e colocando fim a "uma novela" que se arrasta a anos. Como resposta cerca de 800 prefeitos foram até Brasilia solicitar redução do cálculo afirmando não terem como pagar, mas é sabido que há dinheiro sim, o que falta é vontadepolítica de se investir sério em educação, fechar a "torneira" da corrupção e desvio de recursos públicos. Portanto, para os gestores que usam a educação como trampolim e não querem pagar o piso, uso a frase do então presidente Washington Luiz (1926-1930): "Aos amigos tudo; aos inimigos a lei", assim gestores, já podem usar a lei.
Cícero Souza, por e-mail.

Prevenção e solução

Sob a complacência das autoridades competentes, o povo vai erguendo as suas casas de taipa ou alvenaria nos mais inusitados e perigosos lugares para se morar e ainda agredindo a natureza. Só quando acontece uma tragédia, é que se toma ciê ncia daquilo que deveria ser proibido e as providências que deveriam ser tomadas antes de serem erguidas. É como aquele marginal que é procurado através de fotografia por não ter sido preso logo quando tiraram a foto dele.
Cláudio de Melo Silva, por e-mail.


FOLHA DE PERNAMBUCO - PE

A raposa e as uvas
Fernando Haddad se expressou mal ao classificar o fim da possível aliança do PT com o PSD de Kassab de “a volta dos que não foram”. O episódio dessa tentativa do PT de atrair Kassab para reforçar a candidatura de Haddad, e que agora o partido desmente o interesse, ficaria muito melhor classificado como a fábula “a raposa e as uvas”. Ronaldo Gomes - Rio de Janeiro/RJ



JORNAL DO COMMERCIO DE PERNAMBUCO - PE


A cara do Brasil

A base brasileira na Antártida destruída por um incêndio é um retrato do desleixo e da displicência que impera no País. Foram destruídos 30 anos de pesquisas.

Maria Amália Duarte



O POVO - CE


Cerveja nos jogos da Copa (opinião polêmica.... - Lígia)

É um absurdo. Vender bebida na Copa pode, mas em outras ocasiões não pode, como o Brasileirão e demais campeonatos importantes que acontecem no nosso País. Os “bebedores” não são os mesmos? Ou só os brasileiros que são mal-educados e desordeiros? Não vou pra nenhum jogo dessa Copa. Sou frequentador assíduo de estádios, mas com essa discriminação não dá.

Flávio. Comentando no portal www.opovo.com.br a matéria “Relator desiste de liberar cerveja nos estádios fora do período da Copa”



DIÁRIO DO NORDESTE - CE


Nota 10?
Passada a euforia do Carnaval show, é pertinente perguntar: por quê as escolas de samba do Rio e São Paulo não utilizam a tecnologia (ao invés de cédulas de papel guardadas em cofre) para apurar o resultado? Vê-se tanta criatividade nos desfiles, mas a apuração parece espetáculo que mistura tragédia, satisfação, suspense e perda de tempo. Diante das cenas lamentáveis registradas na apuração de São Paulo, aquela voz lendo o quesito e dizendo "nota deeez", deveria se aposentar e entrar para o museu do Carnaval.
Gabriel Fernandes - Recife-PE

Relatório Unicef

Aqui em Fortaleza, além da péssima geração da educação, ainda há o ridículo de se fechar escolas sob o nome pomposo de remanejamento. Ninguém diz nada, ninguém faz nada e tudo é normal. Pobres realmente são como podres. Eles só pensam no próximo prefeito e nas eleições vindouras, não estão nem aí para que o povo pensa ou quer. Viva a antidemocracia em Fortaleza! (Sobre matéria publicada na editoria de Cidade, sob o título "Relatório Unicef - Crianças ainda não são atendidas") Francisco D. Silva de Souza Fortaleza-CE

Bebida na Copa
A ideia de liberar bebida alcoólica nos estádios durante os jogos da Copa, só pelo fato de ser a Copa, não se justifica nem com a fundamentação de um filósofo, que costuma não se posicionar pelo senso comum. É uma ideia de jerico mesmo...
Elniro Brandão - Fortaleza-CE



O TEMPO - MG



Professor
Sobre a matéria "Governo define piso nacional de R$ 1.451 para a educação" (Cidades, 28.2), chega de tentar enganar a população. O valor de R$ 870,60 não é para o professor de nível superior e, sim, para o de nível médio. E esse piso, conforme a lei, é o salário-base, fora as vantagens adquiridas ao longo do tempo de serviço. Estamos sendo roubados...

Cida Reis

Um governador e professor deveria ter vergonha de vir a público dizer que está pagando aos responsáveis pela educação de nossos filhos cerca de dois salários mínimos. Será que o povo acredita na afirmação de que os professores estão recebendo uma fortuna mensal? Será que ele se sustentaria com esse salário? Qual será o futuro do nosso Estado com a educação sendo remunerada dessa forma?

Luiz Fernando

É vergonhoso o reajuste do piso nacional dos professores. Os Estados e os municípios não respeitam a lei. Os mestres não precisam só de comida; precisam de comida, diversão e arte.

Carla Elias - Felixlândia



Imposto
Sinceramente, não vejo o que comemorar com a restituição. Afinal, ninguém está fazendo um favor em devolver as migalhas do imposto altíssimo que pagamos. Quem sabe empregassem esse dinheiro em melhorias na educação, por exemplo, já que a nossa tem deixado bastante a desejar.
Uma boa educação dá muito mais que o ler, escrever e contar; ensina a entendermos melhor o mundo que nos rodeia e a termos mais discernimento na hora das nossas escolhas. Investir em educação é investir pesado no futuro de qualquer país. Sem alardes nem barulhos, só a recompensa do dever cumprido.

Sônia Carvalho - Rio Preto

Copa
Conforme relatório do Tribunal de Contas da União (TCU), apenas um dos 12 estádios que sediarão os jogos da Copa de 2014 tem pouco mais de metade das obras executada. Isso a pouco mais de dois anos da abertura do evento, sem contar as obras de infraestrutura, hotéis, restaurantes, vias de acesso e preparação de pessoal.
Pode-se concluir que, de duas, uma: vamos passar vexame ou raiva, ou os dois juntos. Vexame, por o Brasil não dar conta do evento, e raiva, pelos superfaturamentos e desvios de dinheiro. E o brasileiro comum não vai nem conseguir passar perto dos estádios. Querem apostar?

Aparecida Dileide Gaziolla



SUPER NOTÍCIA - MG



Brancos e negros
O Super, do último dia 27, destacou o alto índice de mortes violentas entre os jovens de 12 a 18 anos. Na mesma página, foi publicada uma "pesquisa" da senhora Raquel Willadino. Ela disse que os jovens negros são as "principais vítimas" e a sociedade se cala diante da banalização da morte dos mesmos. Gostaria de saber como ela sabe distinguir quem é branco e quem é negro, sendo que a maioria da população brasileira é de morenos e de pardos. Brancos e negros são minoria. O ser humano possui em média 25 mil genes e apenas de 20 a 30 deles se referem às várias matizes da cor da pele. Se a pessoa é pobre, é negra. Se rica, é branca. Fernandinho Beira-Mar tem as mesmas características físicas do milionário Chiquinho Scarpa. Mas como Fernandinho é marginal, oriundo de favela, é "negro". Chiquinho, rico, classe A é branco. Racismo é isso. A rede BBC de Londres, após pesquisar em vários países do mundo, concluiu que o Brasil é o país mais miscigenado de todos. Fizeram ainda um exame de DNA em Daiane dos Santos, no Milton Nascimento, jogador Obina e, no Neguinho da Beija Flor. Todos apresentaram alto grau de gêneses de europeus. Neguinho foi o recordista: mais de 67%. Os irmãos Alex Teixeira da Costa e Alan prestaram vestibular pelo sistema de cotas no Distrito Federal em 2007. Julgados por uma junta, Alan obteve a vaga. Era negro. Seu irmão, Alex, branco, ficou de fora. São gêmeos idênticos. Gostaria de indicar à Raquel Willadino que lesse os livros "Uma Gota de Sangue", do antropólogo Demétrio Magnoli, o "Processo Civilizatório", do também antropólogo, Darcy Ribeiro, e as obras do geneticista PHD Sérgio Pena, da UFMG.
Marcos Obednego Monteiro



CORREIO DE UBERLÂNDIA - MG



CRIME E CASTIGO- Estou ficando mais burro ou meio surdo. Parece que um tribunal, sei lá da onde, julgou correta a não contratação de pessoas que tenham o nome “sujo” no SPC ou Serasa?! Legal! Agora, quem não tem condições de pagar o que deve, por não ter um emprego, deixa de ser inadimplente para ser criminoso. Cambada, no Brasil, ninguém será preso por dívida, a não ser pelo não pagamento de pensão alimentícia ou por ser um infiel depositário. Assim diz a Constituição. Bom! Agora temos duas opções: o desempregado criminoso pode ir para a informalidade ou ir para a criminalidade porque virou bandido. Os abestados deveriam é verificar quem tem ficha suja na polícia. Agostinho Paganini Aposentado paganini2310@hotmail.com



O TEMPO E A POLÍTICA - Lendo o artigo de João Gilberto Rodrigues da Cunha, não tive nenhuma surpresa de como as coisas acontece neste país. Costumo dizer que vivemos em um país de hipócritas onde prevalece o toma lá da cá. Quando as pessoas estão no poder, são idolatradas por bajuladores, mas, quando o deixam, são esquecidas ou até desprezadas. Eu gostaria de deixar aqui uma homenagem ao ex-prefeito de Uberaba dr. Hugo. Odomires Mendes de Paula odomires@abrampe.com.br


CORREIO DA BAHIA - 24 HORAS - BA



http://www.correio24horas.com.br/correiodigital/ PÁGINA 2 - coluna "Leitores"

DISCURSO FINANCIADO

Leitor escreve: enquanto faltam recursos para a saúde, o governo do Estado gasta o dinheiro do contribuinte, para bancar o luxo de uma cantora decadente como Daniela Mercury, que foi para o Carnaval descontar suas mágoas nos policiais.

Rufino Argolo



HOSPITAL NÃO PODE FECHAR

Leitor escreve, que o Secretário da Saúde do Município, diz que não pode fazer nada sobre o fechamento do único hospital da Bahia - Aristedes Maltez- cujo atendimento é 100% pelo SUS e atende os cancerosos. Quer dizer para o carnaval a Prefeitura investiu muito dinheiro, mas não tem para esse hospital.

Adilson Lima



HOSPITAL NÃO PODE FECHAR - II

A mesma reclamação, leitora diz que a Bahia está em calamidade em relação a Saúde. Pois o hospital Aristedes Maltez, é o único que atende quem tem câncer pelo SUS.

Maria Fortuna Freire



MANCHETE:

Secretário diz que vai discutir fechamento do Hospital Aristides Maltez com ministro da Saúde
O recurso repassado mensalmente pela prefeitura, vindo do Ministério da Saúde, é de R$ 5,6 milhões
Com a ameaça de fechamento do Hospital Aristides Maltez (HAM), já que o repasse de verba da prefeitura para a unidade não cobre os custos de atendimento, o secretário estadual da Saúde, Jorge Solla, disse que pretende discutir o caso na reunião que terá no dia 22 de março com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

“Já existe uma portaria que incrementa em 20% o repasse de recursos sobre os procedimentos de média complexidade para as filantrópicas 100% SUS”, disse Solla. Segundo o presidente da Liga Bahiana contra o Câncer (LBCC), Aristides Maltez Filho, somente em 2011 o hospital teve um déficit de R$ 13,5 milhões.

O recurso repassado mensalmente pela prefeitura, vindo do Ministério da Saúde, é de R$ 5,6 milhões, mas o presidente da LBCC alega que o número de atendimentos é maior que o teto estabelecido e que não pode rejeitar pacientes. Por isso, pede um aumento de R$ 2 milhões na verba.

Nesta quarta (29), a cantora Cláudia Leitte postou em seu twitter um pedido de ajuda para o hospital. “Se cada seguidor doar 1 real, teremos a chance de manter a estrutura de pé”, publicou a cantora, que é madrinha do setor de oncologia infantil do HAM e em 2011 realizou um show no Teatro Castro Alves cuja renda foi destinada ao hospital.

http://www.correio24horas.com.br/noticias/detalhes/detalhes-1/artigo/secretario-diz-que-vai-discutir-fechamento-do-hospital-aristides-maltez-com-ministro-da-saude/
Postar um comentário