domingo, 29 de janeiro de 2012

Jornais e Pasquins

Cuidado com o que você lê nos jornais. Cheque sempre outras fontes, pois a manipulação da notícia está fortíssima.
Alckmin esteve no Sirio-Libanês para assinar parceria visando a administração do Hospital Estadual do Grajaú.. O Dr. Kalil pediu para que ele desse um oi a Lula. Ponto.
No Pinheirinho, os petistas queriam muito um cadáver. Não deu. Assim, mentiram que havia mortos, e a noticia saiu até na TV do Chavez. A presidente se disse indignada: uma barbárie! Os “desaparecidos”? A prefeitura de S.J.dosCampos achou todos, em muito boa saúde. Ponto.
Já há petição no Facebook, do pessoal da USP pedindo o impeachment de Alckmin pela “brutalidade policial na operação". Ponto.
Fizeram gritaria por conta da tal “representante da ONU”, que nada mais é do que reles petista de carteirinha, tendo sido secretária de Erundina e trabalhado no Min.das Cidades de Lula até 2009. O que ela é na ONU? Uma consultora, como outros 36. E seu papel não é julgar antes de ouvir governos, Justiça, etc. A própria ONU pede que não se baseiem em critérios ideológicos e tampouco em matérias de jornais. Ela já julgou, condenou e botou no jornal. Curioso que nenhum jornal deu a biografia da fulaninha. Ponto.
Sobre as tragédias no Rio de Janeiro......nenhuma linha sobre Cabral!! Ponto.
Será que a Polícia do Pensamento está nas redações, vestida de marron?

Flavio Marcus Juliano
Postar um comentário