quarta-feira, 3 de agosto de 2011

CADÊ O PLANEJAMENTO?

(No Diário de S. Paulo 2.08.2011 e Estadão online, quarta-feira, 3.08.2011)
No sorteio das Eliminatórias do Mundial de 2014, a presidente Dilma disse que "o mundo encontrará um Brasil muito bem preparado para a Copa do Mundo, cumprindo todas as metas estabelecidas para receber o evento". Belas palavras sra. presidente, mas cadê o planejamento global e por setores? Não podemos seguir em frente, com qualquer grau de segurança, se não tivermos um cronograma físico e financeiro, além de pessoas sérias e competentes designadas como responsáveis pelo atingimento de metas. Até agora só temos tido discursos e intenções jogadas de forma improvisada. Enquanto não amarrarmos tudo, estaremos navegando no escuro com risco de chegarmos nos "finalmentes" de forma atropelada e com os "quebra-galhos" de costume, com baixa qualidade e custos muito acima dos normais. Infelizmente, nossos administradores públicos estão acostumados a "criar dificuldade para vender facilidade", causando desnecessária burocracia e lentidão no andamento de projetos do governo. A Copa do Mundo é importante demais para aceitarmos isso. Planejamento sério, gerenciamento eficiente e responsabilização rigorosa em todos os projetos são essenciais para que estejamos, de fato, preparados na festa de abertura da Copa em junho de 2014. Palavras só não bastam!
Silvano Corrêa
Postar um comentário