terça-feira, 26 de abril de 2011

Reforma política de José Dirceu

Em 20/03/2011

MiIagre! Pela primeira vez...e espero que última, concordei com uma frase de José Dirceu, quando ele - criticando em seu artigo "A favor do voto em lista" (Estadão - Pag.A2- 20/03) um artigo anterior de Eduardo Graeff , ex-secretário geral do tempo de FHC - diz com todas as letras que a oposição está à deriva.

Está mesmo, e nos levando a todos para o buraco! Agora...lendo o artigo de Dirceu percebe-se como ele faz a defesa de pontos que são de interesse geral e não só do PT...mas deixa de citar outro que tanto nos interessa nesta reforma , mas ao PT é essencial que se mantenha tal e qual . Por exemplo, ele se diz preocupado em adotar mecanismos capazes de limitar o espaço que o poder econômico tem hoje nos resultados das eleições. Eu também acho...mas muito mais me preocupa é extinguir a possibilidade que o Executivo constituido use e abuse do erário para fazer eleger a candidata do coração do presidente em exercício, largando depois uma conta a pagar nas costas dos pagadores de impostos deste país....para não falar da volta da inflação que tal desmando ajudou a provocar neste exato momento histórico da Nação. O dote da noiva está a nos custar muito caro!!!
Postar um comentário