terça-feira, 26 de abril de 2011

Nova novela: Erenice, a difamada!

Em 18/03/2011

Amiga íntima de Dilma Rousseff e ex-ministra da Casa Civil na gestão de Lula , Erenice Guerra perdeu o cargo ao ser acusada no ano passado de envolvimento por suposto tráfico de influência, envolvendo inclusive o nome de seu filho e de seu marido .

Ela sempre negou, o que já era mais do que esperado...O que não é normal é o tempo que este galo duro está cozinhando sem que a canja seja servida apesar das robustas provas encontradas.

A comissão de sindicância interna instalada na Casa Civil em 18 de outubro do ano passado para apurar as denúncias chegou ao fim sem sugerir punição aos ex-servidores. E agora a PF pede a quarta prorrogação de inquérito do caso Erenice Guerra , dizem que talvez para obter novos depoimentos ou fazer novas perícias.

Enquanto isso, Erenice se diz vítima de "indisfarçável campanha de difamação". Daqui à pouco vai repetir a fala de Lula referente ao mensalão...dizendo que o tráfico de influência que ela e familiares " , supostamente" cometeram é uma farsa montada pela oposição para desestabilizar o governo Lula e atrapalhar Dilma nas eleições.....NUNCA existiu e vamos dar glória a deus!
Postar um comentário