quarta-feira, 27 de abril de 2011

Em 100 dias pariu-se um bode

12/04/2011


Dilma em 100 dias = inflação doendo no bolso + interferência na Vale do Rio Doce + interferência nas emissoras de TV definindo temas de novelas + censura em jornal + PAC empacado por irregularidades + ameaça de prescrição do mensalão + incentivo a crimes hediondos por legislação frouxa + amizades de governistas com estrangeiros ligados a terroristas...e por aí vai!

Portanto, há que se colocar um bode mal-cheiroso bem no meio da sala dos brasileiros...a empestear o ambiente e desviar as atenções do principal! Assim, nada melhor que , depois de um horrendo massacre numa escola de Realengo - onde está mais do que provado que o facínora comprou a arma de marginais - Sarney propor que Congresso rediscuta o desarmamento dos cidadãos de bem, como se estes fossem o responsável pela violência que assola o país. Sarney propõe tudo que o governo lhe pedir menos discutir a redução da idade penal, a prisão perpétua , o reendurecimento legal para crimes hediondos...ah...isso nunca!

Agora vem a ameaça maior: representantes da Igreja Católica já estão a dar idéias para que o governo chegue onde quer, passando por cima da vontade popular : sugerem que o Congresso crie projeto neste sentido a ser votado (leia- se aprovado ) pela casa...passando assim como um trator por cima da vontade popular expressa no resultado do referendo. Bom,depois do que fizeram com a Lei da Ficha Limpa...podemos esperar algo diferente deste governo monopartidário?
Postar um comentário