domingo, 6 de fevereiro de 2011

Tempo de mudos

Como disse o ex-presidente FHC(A2/06-02), "está na hora de a oposição berrar e pedir a democratização das decisões....há que mexer no desagradável...não dá para calar sobre a Caixa Econômica, subsídios do BNDES, compra de aviões, cartões corporativos, R$1,6 trilhão de dívida interna". A julgar pelos fraquíssimos nomes sugeridos pelo senador Aloysio Nunes (A12) , perdidos em "questiúnculas internas", a oposição jamais falará forte e a propaganda enganosa do governo Lula-Dilma estará na mídia pelos únicos quatro anos, nos quais poderíamos vislumbrar a mudança do tudo que está aí, incompetentemente plantado nos últimos oito anos.


Flavio Marcus Juliano
Postar um comentário