sábado, 11 de dezembro de 2010

UNICAMP OU UNI-PT ?

Mais um escândalo está prestes a explodir, agora envolvendo a UNICAMP onde o Sr. Aloisio Mercadante cursou os créditos e finalizou o seu mestrado em 1989 e agora, 20 anos depois, prestes a virar ministro, está usando os mesmos créditos para fazer a defesa de uma tese. Considerando que o regulamento interno da Unicamp prevê que um doutorando tem quatro anos para cursar os créditos e defender a tese, não podendo prorrogar tais atividades por mais de 50% deste tempo, ou seja, deve fechar créditos e defesa em 6 anos, no máximo., pergunto: Quem da Unicamp será o responsável por quebrar essa regra e, baseado em que motivo?
Com a palavra o reitor da Unicamp.
Postar um comentário