terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Mercadante e seu "doutorado"

Escrito em 10/12/2010

Nem só Sarney tem tratamento preferencial no Brasil por não ser um cidadão comum, como afirmou Lula. Agora sabemos que também Mercadante pode atropelar as regras e as leis no intuito de se tornar um "doutor em Economia"...Se ele fosse um brasileiro qualquer e estivesse obrigado a seguir o regulamento do Doutorado em Economia da Unicamp, teria que seguir alguns passos: por exemplo, o prazo de quem cumpre um programa de doutorado é de no mínimo 4 anos, e com muita dedicação!
Mercadante está comprovadamente afastado do ambiente universitário , politicando há mais de 20 anos, com o acréscimo de que nunca defendeu a sua tese.

Mas existe uma explicação para que ele consiga esta regalia : entre outras figuras reconhecidamente aliadas políticas , faz parte da banca examinadora a economista Maria da Conceição Tavares, portuguesa naturalizada brasileira, filiada ao PT e que considera o Lula um gênio. Daí que ela e os demais vão colaborar com o famoso " jeitinho ", para transformar Mercadante em mais um "dotô"...que é tudo que ele tem capacidade de ser, já que , de sua parte, não houve nenhuma dedicação ao estudo. Uma pena que o economista João Manuel Cardoso de Mello, um dos fundadores da Unicamp , vá fazer parte da banca também, o que torna esta farsa muito mais vergonhosa por ajudar a manchar o nome desta prestigiosa escola!
Postar um comentário