quarta-feira, 7 de julho de 2010

DITADOR BILIONÁRIO, POVO PAUPÉRRIMO

(No Estadão online, quarta-feira, 7/07/2010)
O presidente Lula visitou a Guiné Equatorial, com seu ditador TeodoroObiang Nguema Mbasogo no poder há 31 anos, para fazer ''negócios''.(Será que a atuação de diplomatas não seria o suficiente?) Se umavisita presidencial resolve ou não os problemas daquele povo não sei,mas que promove e dá força à ditadura reinante, não há dúvida. Dequalquer forma, os negócios realizados devem ser muito bons,especialmente para a família do sr. Mbasogo, ele que portava relógiode ouro cravejado de rubis e diamantes e pôde oferecer aos brasileirosrequintado banquete em palácio de mármore com lustres de cristal. Comum povo paupérrimo dominado por um ditador que é reconhecido como ooitavo chefe de Estado mais rico do mundo, não há ''pregação moralista''que baste para criticar tal situação. Só os srs. Lula, Amorim eGarcia não entendem. Para eles, são simples ''negócios presidenciais''.E com tais posições ainda querem que Lula seja um líder respeitado nomundo ocidental? Infelizmente, nossa democracia não merece isso!
Postar um comentário