sexta-feira, 30 de julho de 2010

De Ford a Jó e São Tomé

30/07/2010


Não sei se é lenda ou verdade, mas dizem que , quando da fabricação dos primeiros carros de marca Ford, o proprietário declarou que aceitava que os mesmos fossem de qualquer cor, desde que fossem pretos. Isso me remete ao que vejo na campanha eleitoral deste ano, onde o governo Lula resolveu que passará sim o bastão do seu governo desde que seja para a candidata dele, Dilma Rousseff. E talvez por isso, para que nada sirva de obstáculo na corrida de sua pupila...toda as instituições do governo acabam fluindo só à favor de sua correnteza.

Querem ver 2 exemplos?
- O julgamento da morte de Celso Daniel que se daria proximamente, foi adiado só para depois das eleições...
- O TSE impôs censura na propaganda eleitoral à ponto de atingir até os comediantes que sempre usaram deste período para fazer ótimas sátiras e criar seus melhores personagens . O interessante é que esta regra não vale para o presidente Lula que anda cada vez mais destemperado, afrontando as leis eleitorais sem pejo nem temor...já que nada lhe acontece.

Para coroar tudo isso, nos impõem uma urna eleitoral que sequer imprime um comprovante de meu voto sob alegação que exige uma tecnologia muito complexa (?) ! Como vou saber que o número que cliquei corresponde realmente ao do meu candidato?

Fica uma pergunta: você usaria um caixa eletrônico bancário se ele não lhe desse um comprovante de sua operação? Eu não. Mas sou obrigada a confiar nessa urna eletrônica ...Posso ter a paciência de Jó...mas sou igual São Tomé, preciso ver para crer! Mas por enquanto, divido essa pulga atrás da orelha com vocês também...
Postar um comentário