sábado, 15 de maio de 2010

Macro ironia, micro educação

Para quem nunca estudou, pode até ser normal achar chiquérrimo ser economista. Nós, economistas, preferimos enxergar a enorme utilidade em administrar recursos escassos, coisa que o govêrno petista nunca se importou com o significado. Compras absurdas, doações a paises hermanos, gastos estratosféricos nos cartões corporativos, mensalões, desvios e outras aberrações, fazem com que os economistas saibam tantos números que, infelizmente, refletem o prejuizo da sociedade brasileira. Ignorar esses números não é chiquérrimo, é vergonhoso.

Flavio Marcus Juliano
Postar um comentário