segunda-feira, 17 de maio de 2010

ASSARTOS EM SARTO

Itu que se cuide.
Não só tu como todos nós.
Salto não é mais de Itu desde 1917, mas parece que quer atingir patamares de grandeza semelhante.
Parece mentira...
Mas é verdade, sô!
Assaltaram a delegacia duas vezes numa semana.
Semana passada, veja só o sinhô, uma dona foi à delegacia “dar parte” (BO de caipira) que tinham clonado o telefone móvel dela.
Tempo vai, fila vem.
Delegacia tem sempre fila.
O tempo fechou!
Que chuva o que, sô!
Entraram uns bandidos na delegacia.
Geralmente, bandido quer sair da delegacia, mas esses entraram.
Acreditem! Queriam assaltaram a dona que tinha R$ 13.000,00 na bolsa.
A dona jogou a bolsa no colo do investigador ou do escrivão ou sei lá de quem.
Sai prá lá! Deve ter gritado o cidadão pensando que fosse uma bomba.
E jogou a bolsa no chão.
Depois deve ter parecido pastelão.
Ladrão pula balcão, pega a bolsa do chão, a dona leva um safanão e ninguém se mete na confusão.
Pára, poeta!
A desculpa?
Pensaram que era briga de casal.
Atenção, casais! Lá em Salto, casais que desejem brigar dirijam-se à delegacia antes do o primeiro assalto.
Assalto da briga. Luta de boxe... Entendeu?
Acho que nem a Maria da Penha entenderia esta omissão dos policiais.
A segunda desculpa?
Os ladrões não sabiam que era delegacia.
Pois sim!
Assaltaram de novo a delegacia.
Coloca uma placa lá, gente!
Assim não dá...
O pessoal de Itu não está acreditando na audácia desse pessoal de Salto.
Postar um comentário