quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

SOU, MAS QUEM NÃO É?

Sou, mas quem não é?

Diário do Sudoeste- BA -Publicado em: 3 janeiro 2010

Quando estourou o mensalão do DEM não faltaram caras e bocas para o evento. Ocorre que os outros partidos aprenderam muito como o mensalão do PT e apenas o que fizeram foi aperfeiçoar, repetir a dose. Hoje, quando é mostrada a ação dos meliantes colocando dinheiro nas meias e cuecas ninguém mais se surpreende, afinal, o presidente desse país, disse ser normal caixa dois e que as imagens não falam por si. A chegada do partido dos trabalhadores no poder mostra que o que eles combateram no passado, hoje o fazem justificando que todos já fizeram. É o velho refrão do programa humorístico onde o personagem dizia: sou, mas quem não é! Não podemos permitir que vigaristas, salafrários, ladrões do dinheiro público, embusteiros e facínoras nos assaltem sem reagir e nossa reação será nas urnas, não elegendo picaretas que só sabem legislar em causa própria. Acorda Brasil!
Izabel Avallone
Postar um comentário