domingo, 13 de dezembro de 2009

PESO DA PALAVRA



Peso da palavra- publicada no Diário da Manhã- GO e Diário do Sudoeste-BA em 13/12/09

Falar a palavra m...como disse Lula parece não ter o menor problema, se entendermos que o povo merece um discurso desrespeitoso por ser ignorante. Fosse outro candidato falando m...com certeza o partido dos trabalhadores iria criticar, dizendo que o povo é desrespeitado pelas elites. Aí é que se encontra a grande questão, por mais que Lula queira se aproximar do povo, poderia tê-lo feito sem ofendê-lo. Afinal, os estados do Maranhão e Amapá estão entre os mais pobres e, por coincidência, são governados pelo clã Sarney. Segundo li, para fazer o saneamento para todos pode demorar 66 anos. Nem Lula nem seu sucessor estarão na terra para ver o feito. Até lá viraram pó. Por isso que prometer é fácil, não há compromisso em cumprir nada. Quantos dos que aplaudiram Lula no Maranhão estarão vivos para ver o fim da m...... digo, saneamento para todos?

Izabel Avallone
Postar um comentário