sexta-feira, 27 de novembro de 2009

O público e o privado

26/11/2009


O hábito arraigado entre os políticos de considerarem bens públicos como se fossem seus está mais do que constatado entre os familiares de Lula.

Logo no ínicio do primeiro mandato, D.Marisa Leticia resolveu transformar os jardins do Palácio do Alvorada numa espécie de sede oficial do PT ao determinar que se plantassem arranjos de flores no formato da estrela-símbolo do Partido. Forte recado do governo Lula de que ele e o PT estavam tomando posse da República. Foram obrigados a tirá-las de lá, naturalmente.

Agora a notícia de que Lulinha e mais 15 convidados seus , por ordem superior, conseguiram mudar o plano de vôo do avião da FAB, o "Sucatinha" , de Guarulhos - onde embarcaram ministros que iriam direto para Brasilia - para Congonhas, tão somente para que o filho de Lula e seus amigos aproveitassem uma carona e de graça...nos faz perceber que este costume está mais do que disseminado.

O pior é que Lula acha tudo isso muito normal, como se para ele e seus familiares valesse a regra de que - o que é dele é dele, e o que é do povo (e custeado pelo povo) é dele também.

Lula deve sofrer de nostalgia monárquica.
Postar um comentário