segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Convite ao ócio


Publicado no Portal do estadão na internet em 19/10/09:
Em 14/08/09 enviei e-mail a dois senadores pedindo explicações sobre um curso de formação de costureiras que o Senai ministrou a 500 mulheres no Ceará. Para entrar com os recursos, a exigência do govêrno foi que somente mulheres cadastradas no Bolsa-Família poderiam participar. O Sinditextil enviaria o cadastro das formandas às indústrias do setor. O número de contratações foi ZERO, porque as costureiras se negaram a trabalhar com carteira assinada para não perderem o benefício do Bolsa-Família. Sabem a resposta que recebi? Igualmente ZERO! Talvez Zelaya e Battisti sejam temas mais relevantes para a Nação do que explicar por que o Bolsa-Família corrompe. Com certeza, os dois senadores lêem o Estadão.


Flavio Marcus Juliano
Postar um comentário