quinta-feira, 17 de setembro de 2009

DEMOCRACIA REPRESENTATIVA


(No Estadão Online, quinta-feira, 17/09/2009)

Por que será que, em seu discurso no Dia Internacional da Democracia, sr. José Sarney reclama que "a mídia é inimiga das instituições", e questiona "quem, de fato, representa o povo"? (A6,16/9) Será que ele acha que está tudo certo? Talvez seja o caso de revermos o conceito de como deve ser a democracia representativa. Será, como declarou Lincoln no seu Gettysburg Address, aquela na qual os políticos e líderes conduzem um governo "do povo, pelo povo e para o povo"? Ou será aquela que parece ser a do sr. Sarney, a de um governo "dos partidários, pelos amigos e para os parentes e agregados"? Aí está o grande problema. A mídia, e a opinião pública consciente, apontam o mau uso do dinheiro público e que tudo o prometido antes das eleições é esquecido depois, a não ser os interesses próprios. Nossos "representantes" (sic), quando querem nossos votos, prometem o progresso de todos, depois só pensam no progresso de si e dos seus. A pobreza do Estado do Maranhão e a riqueza do patriarcado dos Sarneys que o digam. Assim, não há democracia ou "representatividade" que aguente!!!
Postar um comentário