terça-feira, 14 de julho de 2009

Sarney: renúncia já ...ou cassação!

14/06/2009

A questão da verba da Petrobras para a fundação Sarney - que acabou desviada para empresas da familia e até para empresas fantasmas - nada tem a ver com a crise do Senado, esta questão é responsabilidade pessoal e exclusiva de Sarney que a negou de público, e é por esta mentira que ele tem que responder: cometeu falta de decoro parlamentar!Não há como fugir disso, sob pena do senado se desmoralizar ainda mais!

É um ocaso triste, lamentável para o senador, mas diz o ditado que a verdade tarda mas não falha. Sarney se achou um ídolo intocável, mas se construiu de barro e lama, e infelizmente não resistiu às interpéries de denúncias. Ele está presidente do Senado mas ele não é o Senado. E após a mentira escancarada perdeu a legitimidade de seu cargo por ter atentado contra o decoro parlamentar . Só lhe resta renunciar para não ser cassado, com ou sem o apoio de Lula. Pois que Lula não está acima da lei...ou está?
Postar um comentário