domingo, 12 de julho de 2009

Lula e o Senado

10/06/2009


Num primeiro momento Sarney foi incentivado a pedir afastamento de seu cargo enquanto corressem as investigações , não só pela oposição mas inclusive por partidos que votaram por sua indicação à presidencia do Senado, como o DEM. Depois, diante das novas denúncias , até mesmo os petistas acharam por bem aderir à essa proposição....e não fosse pelo apoio incondicional que Lula lhe deu , Sarney teria se curvado ao bom senso .

Lula , na verdade, não apoiou Sarney. Lula está é usando Sarney ao mantê-lo na presidencia do Senado - mesmo que desgastado e enxovalhado - para garantir uma base política sólida que poderá levará Dilma à vitória nas eleições.

Conclusão: Lula decretou o fim da independência entre os poderes da república, e o Senado passou a ser uma mera ferramenta nas suas mãos . Mas não é só isso que fica patente: até onde sei , omissão diante de possíveis delitos robustamente denunciados também é crime, e todos que se puserem na defesa daqueles que cometeram ou deixaram cometer falcatruas, na tentativa de encobrir os delitos, estarão incorrendo em crime também. Com o agravante de que tal acobertamento é feito em defesa de interesses pessoais.

Se o STF não impedir esta vergonha é um sinal claro de que todas as vias legais estão negadas aos brasileiros indignados com esta situação.
Postar um comentário