quinta-feira, 30 de julho de 2009

Escola de adestramento no Senado

29/07/2009

O senador sem voto Paulo Duque passou por um excelente adestramento dentro do Senado e hoje está apto a sempre obedecer à voz de comando do instrutor. Prova da confiança depositada em seu desempenho é sua indicação para assumir a presidencia do Conselho de Ética do Senado que avaliará as denúncias contra o Senador Sarney. Esperam que ele obedeça sem nenhum vacilo às ordens: dá a patinha, Duque! morde êle, Duque! pega essa bola, Duque! finge que dorme, Duque!, enterra essa cáca, Duque!
Postar um comentário