segunda-feira, 15 de junho de 2009

SEGREDOS

Segredos ; SEM NORTE- PUBLICADO NO JCPERNAMBUCO e CORREIO BRAZILIENSE EM 14 de junho
Descobre-se agora, que há mais de dez anos o Senado vem acumulando atos secretos a fim de criar cargos para beneficiar aliados. Bastou mexer numa pedra do dominó para que o castelo começasse a ruir. O homem forte do esquema Agaciel Maia era quem comandava as nomeações patrocinadas pelos caciques do PMDB, cujo chefe-mor é o ex-presidente da República, José Sarney. Tinha razão o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), quando em fevereiro denunciou que o PMDB era um partido sem bandeiras, sem norte e sem propostas onde a grande maioria dos filiados quer mesmo é a corrupção. Na ocasião, Jarbas classificou o PMDB como "uma confederação de líderes regionais, cada um com seu interesse, sendo que 90% deles praticam o clientelismo, de olho principalmente nos cargos”. Diante das revelações envolvendo Renan Calheiros, Eliseu Padilha e o próprio Sarney confirmam-se às declarações do senador Jarbas que causou certo constrangimento aos seus pares, mas que não passou disso. O PMDB é um partido sem moral, sem escrúpulos. A sociedade brasileira, pagadora de impostos, exige que o dinheiro usado indevidamente seja devolvido aos cofres públicos.
Izabel Avallone

Correio Brazileinse
Postar um comentário