terça-feira, 9 de junho de 2009

Dep.Milton, um enquisidor?

O dep. estadual Milton Flávio pensa estar na Idade Média revivendo a cata às bruxas. Se outorga inclusive o direito de reescrever a história, tentando apagar fatos e nomes e quem sabe criando outros mais de seu gosto, não?

Sua proposta de PL que pretende mudar o nome de todos os lugares públicos do Estado de São Paulo que homenageiam ícones do período do governo militar é , no mínimo, digno de um tribunal de Inquisição. Se o deputado estudasse a história daquele período, saberia que os militares em 64 , com respaldo do clamor popular, abortaram um golpe comunista que transformaria o Brasil numa nova Cuba. Vendo os resultados obtidos pelo regime de Fidel e os que conseguimos aqui no Brasil atraves destas décadas, podemos afirmar que, entre erros e acertos, temos ainda muito a agradecer aos militares.

Espero que os deputados de São Paulo se capacitem para deixar sua marca na história trabalhando dignamente e respeitando as diferenças e não com propostas de cunho ideológico que só prestam desserviço e atraso.
Postar um comentário