domingo, 12 de abril de 2009

GREVE DE FOME

GREVE DE FOME/A GREVE DE EVO-publicado no Estadão on line em 12/04/09 e Correio Braziliense em 13/04/09

Atitude de menino mimado essa greve de fome de Evo Morales, presidente da Bolívia. Fosse ele um governo democrático estaria aceitando a decisão do Congresso em modificar a lei que garante eleições gerais em dezembro. Seu gesto mais parece golpe daqueles que se apegam ao poder e não aceitam largar o osso. Os governos populistas da América Latina têm tanto apego ao poder que o simples fato de terem de deixar o governo faz com que eles ajam de forma irresponsável levando o povo ao engano e pondo em risco a democracia. Ficar uns dias em jejum poderá fazer bem a Evo Morales, significa economia nas contas que o povo paga, mas continuar mascando folha de coca aí já é demais! Como se vê tudo encenação. Se a oposição rejeita o projeto de lei apresentado pelo Governo boliviano porque considera que favorece uma eventual reeleição de Morales em dezembro, sabe o que está fazendo e é bom ficar atenta.
IZABEL AVALLONE
Postar um comentário