quinta-feira, 16 de abril de 2009

Fiat Lux Tupiniquim

O índio no Brasil passará da condição de inimputável - aquele que não pode ser punido por não saber o que é certo ou errado - para a condição de " cidadão brasileiro com direitos e deveres, respeitados seus usos e costumes", como explicou o presidente da Funai Márcio Meira; tudo de forma muita rápida, num záz...tipo Fiat Lux!

Sempre achei a inimputabilidade uma falácia, pois nem no Paraíso Deus levou isso em consideração ao julgar Adão e Eva...mas aqui , Deus não manda mais e as coisas são bem diferentes neste Éden...No Brasil quem manda é Lula , e se depender dele, o índio agora deixará seu estado de inocência para imediatamente se conscientizar de que grandes jazidas de minérios por acaso se encontram dentro da reserva DAS RAPOSAS Serra do Sol...E mais ...ficarão sabendo que os cara-pálidas estão estudando um novo estatuto pelo qual se permitirá mineração dentro da reserva indígena , desde que os índios assim o desejem e sejam devidamente remunerados pelas empresas. (Ué, remunerados? mas não foi para que estes inocentem se livrassem dos males da nossa cultura que eles conseguiram se confinar nas reservas?).

Pois bem,a verdade nua e crua é que 99% do nióbio do planeta já está nas mãos de nossos "bons selvagens", e se aprovado esse novo estatuto dos povos indígenas, a decisão final de que tais jazidas sejam exploradas ou não - e por quais empresas - sairá da cabeça de nossos recém iluminados indígenas, que por determinação do governo Lula perderão a inocência e cometerão seu pecado original prazeirosamente. A ONG do pai do principe Charles, entre muitas outras, aplaude de pé tão sábia decisão.

Conclusão:Se a proposta das raposas vencer, o Estado brasileiro já não será mais soberano no uso do subsolo! Perde o Brasil, perdemos todos nós.
Postar um comentário