terça-feira, 6 de janeiro de 2009

As mortes nas estradas

Neste final de ano o número absurdamente alto de mortes nas estradas federais brasileiras - mal traçadas e sem nenhuma conservação - é a prova de que , tanto ou mais do que o alcool, o que mata nas estradas é o desleixo e a incúria governamental.

Querer imputar aos motoristas, bebuns ou não, a responsabilidade principal pelos números desastrosos, é a maneira mais à mão encontrada para tirar a culpa dos ombros do governo . Agora ficou patente a verdade, pois contra números não há argumento : as estradas federais brasileiras são as grandes armadilhas para nós, motoristas.
Postar um comentário