segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

"marcaurélio top top garcia foi top top topado".

Neil ói só o unger nelle Ferreira.

O marcaurélio top top garcia é meu conhecido de longa data, via-o no programa
de tevê da Maria Lydia, doce criatura que babava de prazer e ficava com os olhos marejados de emoção quando o recebia, ou ao genoíno e mercadantente no seu programa da hora do almoço, de baixa mas qualificada audiência. Acho que era petista roxa.
Convidado às vezes, aproveitava os ricos intervalos para divertir-me e conhecê-los.
Nesses programas os intervalos costumam ser animadíssimos.
O genoíno vendia com competência a imagem de herói da guerrilha do Araguaia, que lhe valeu milhares de votos como deputado estadual e depois federal pelo pt. Era um bufão e eu não sabia. Empacotou no escândalo do mensalão e esborrachou-se malcheirosamente, sepultado em definitivo pela cueca recheada de dólares do assessor do seu irmão. Com o heroísmo em dúvida, até seus chegados desconversam.
O mercadante acabou-se de vez com o dossiê fajuto contra o Serra, na campanha a governador, que resultou na sova histórica que elle e lulla tomaram no 1º. turno de 2006. Na Maria Lydia, descomia números na velocidade fantástica da AK 47, 600 balas por minuto. Um dia perguntei "deputado, como guarda tantos números de memória e tão precisos ?" Desfrutando de carona no meu carro, sorriu sob a bigodeira com que bigodeava seus eleitores e telespectadores "a gente chuta, ninguém confere mesmo". Chutava como chutou a vida toda a razão de 10 balas por segundo, o que lhe valeu em certa eleição 10 milhões de votos de eleitores de São Paulo, que têm obrigação de exigí-los de volta.
O marcaurélio top top garcia mal ajambrado como hoje, nelle até os Armani que o lulla curte caem-lhe aos trambolhões, trazia o ar de quem carrega nos ombros o peso do marquescismo, em disputa ferrenha com as caspas ali residentes de longa data, Marques, sabemos, é o pensador português criador da teoria econômica da "Compra de Mês por Caderneta na Venda do Manoel", como instrumento de distribuição de renda e ascenso dos excluídos à crasse-mérdia, em alta hoje como nunca antes nesse país.
Ingênuo, indagava-me como "isso e essas idéias" revolucionárias para os anos 1800 e poucos, poderia ser professor universitário. Pobre universidade, pobres estudantes. (Se o suplicy pode ser"professor" na Gevê, tudo é possivel.).
Cego, não enxergava o cogumelo crescendo no esterco, futuro assessor para assuntos internacionais do futuro presiMente da República, organizador do Foro de São Paulo, aliado das FARC, condutor da nossa política externa na direção do Eixo Bolivariano, a cabeça que pensou que lulla poderia aproveitar-se de evo e tchávez para ser elle, lulla, e não tchávez, o novo Bolívar.
Atingiu o ápice no poder quando entregou a Cuba os dois boxeadores que fugiram do Pan, colocando-os num jatinho cedido por tchávez. Entrou para a história quando praticou o top top dirigido a toda população brasileira, que exigia explicação para o desastre da TAM que matou quase 200 pessoas, gesto com que nos mandou a todos que nos fo**ssemos.
Repercutiu mal pra caramba, mas e daí ? Continuou por cima da carne seca como Espírito Santo dazorêia você sabe de quem. Mas as Parcas teceram a vitória de O´Brahma.
The times they´re a changin´ cantou Bob Dylan há 40 anos, quando o doutor King declamou I had a dream, ambos poetas. Poetas acertam até quando erram. O`Brahma eleito, sem que marcaurélio top top se desse conta a cunvelsa do seu pupilo mudou de repente, passou a mandar recados a O´Brahma como verdadeiro fautor da façanha, largando los hermanitos evo e tchávez na poeira.
O sutaque tinha mudado dramáticamente, era pesadíssimo, reconhecível.
Ficou provado quando a mídia publicou 8 páginas de conselhos do Noço Guia ao O`Brahama, sobre o que deve fazer para transformar sua crise, a maior do capitalismo até hoje, em marolinha.
Estava tudo lá, era unger, autonomeado professor de O´Brahma em Harvard, mandando a imprensa entregar-lhe nova aula, desta vez de Economia que, graças às magias do ex-sequestrador "nosso" franklin, o mundo tomou conhecimento antes que O´Brahma sequer soubesse o que estaria acontecendo.
O´Brahma é muito mais do que evo e tchávez, logo unger é muito mais do que marcaurélio top top garcia, outro altíssimo quadro lullista a despencar, como estava escrito, devidamente top top topado. Já era.
TOP TOP, BYE BYE.
Postar um comentário