segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

BOLSA-TABELA

(publicada no Fórum dos Leitores do Estadão - 15/12/2008)

Vendo a nova tabela elaborada pelo governo Lulla para dedução de Imposto de Renda (IR) na fonte (12/12, B3), reparei que não passa de verdadeiro engodo para tentar fazer uma mediazinha, muito mixuruca, com os assalariados e autônomos. O máximo, e para quem está no topo da tabela, que o contribuinte deixará de pagar é R$ 89,50. É a bolsa-tabela? A alíquota de 27,5%, que veio para ser provisória, ainda no governo FHC, e contra a qual o PT e seus asseclas tanto gritaram, permanece e os valores que deveriam ser corrigidos não o foram. Quem recebe até R$ 1.500 (a maioria dos assalariados) auferirá menos de R$ 5... Mais uma trapaça desse grupo de saltimbancos que dirige o Brasil.

Carlos E. Barros Rodrigues
Postar um comentário