quarta-feira, 10 de abril de 2013

EUTANÁSIA SOCIAL

As AMAS e Hospitais Públicos da periferia, principalmente os localizados no Itaim Paulista, estão com seus quadros médicos incompletos em virtude da criminalidade e violência. Os médicos se recusam a trabalhar nesses locais por falta de segurança tanto no trajeto do ir e vir como nos próprios locais de trabalho onde são constantemente ameaçados tanto pelos pacientes como pelos familiares. Os gerentes das unidades reclamam da falta de segurança e declaram que, nos últimos anos a população nas comunidades dobraram mas o efetivo policial continua o mesmo e a violência aumenta dia a dia. Portanto, tanto o prefeito Haddad como o governador Alckmin tem que coordenar esforços para dar garantias de segurança tanto para a população como para os profissionais que trabalham na área de saúde. Não adianta construir Postos de Saúde, AMAS e Hospitais na periferia se não houver médicos e profissionais dispostos a trabalhar nesses locais. A população aguarda uma solução imediata pois no momento o que está se vendo é uma verdadeira eutanásia social com as crianças e idosos que ficam sem atendimento por falta de médicos.
Postar um comentário