quarta-feira, 18 de julho de 2012

As novas d'opegapulhas

1-Sombra e água fresca Os americanos que, a pretexto de combater o narcotráfico, já dominam áreas da região amazônica, incluindo sua riquíssima fauna e flora, agora terão acesso estratégico ao Aquífero Guarani-a maior reserva de água doce do mundo- graças a uma simpática e despretensiosa base militar a ser instalada no Paraguai. A miopia ignorante da diplomacia brasileira e argentina, cuidou de se meter nos assuntos internos paraguaios, mas não cuida das riquezas que estão debaixo do seu nariz. Sermos governados por "malvinas" dá nisso! Flavio Marcus Juliano 2-Pibinhos e mentirinhas No ensino superior deste país, 38% dos alunos não sabem ler e escrever plenamente. Pode significar que 62% dos universitários sabem que o que a presidente fala, não se escreve. Flavio Marcus Juliano 3-Bolsa-calote (editado no Estadão.com em 18/07/2012) As regiões Norte e Nordeste do país, as mais contempladas com a poderosa e anestésica bolsa-esmola e o verdadeiro paraíso das pesquisas de aprovação governamental, são as que apresentam os maiores índices de inadimplência. Prevê-se para breve o lançamento da bolsa-calote por lá, como uma das armas do govêrno federal para dinamizar o vibrante comércio das regiões. Já em Brasília, quem deve não teme. Flavio Marcus Juliano 4-O galo de Chantecler Da mesma forma que o galinho acreditava que o sol nascia porque ele cantava, o pelegato petista crê que a justiça neste país se faz de acôrdo com suas ordens. Quem tem medo da CUT? O povo já está farto o suficiente de autoritarismo barato, da aversão à democracia, de fanfarronices, frases etílicas e discursinhos idiotas, para recear a "melação" do julgamento do mensalão através da criação de um clima de convulsão no país. A sofisticada organização criminosa não merece tanta pompa e circunstância, embora eu não creia que o julgamento termine como a vida inteligente do país exige. Flavio Marcus Juliano 5-Vermelho 19! (publicado no Estadão em 13/07/2012) Acendeu a luz vermelha. Mais importante e emblemático que a cassação do senador cara de pau, é saber que há mais 19 secretos simpatizantes que votaram contra a cassação. Pensam e agem da mesma forma? Também têm o rabo preso com o contraventor? Fazem parte de algum esquema sórdido? Se a votação não fosse secreta, poderíamos ter um expurgo mais eficaz, pois o Congresso Nacional continua sujo, muito sujo. Flavio Marcus Juliano 6-Dá ânsia.....(editado no Estadão.com em 07/07/2012) Durante anos, os governos brasileiro e argentino forçaram a inclusão do bufão venezuelano entre os dirigentes do bloco. Imaginem o que deve correr de grana com esse mimo em relações internacionais. O Mercosul de hoje só atende às fantasias de duas comadres inconsequentes e,depois dessa violação, poderá acontecer qualquer coisa no âmbito do Mercosul, até as instituições se enfraquecerem a ponto de se tornarem inúteis. Só chamando o Hugo............... Flavio Marcus Juliano 7-Tributos pelo ralo(editado no Estadão.com em 05/07/2012) Encanador da Câmara Municipal de São Paulo ganha R$11 mil mensais. E quanto ganha um "enganador"? Flavio Marcus Juliano 8-Advertência O Ministério adverte: "Mordida na canela é prejudicial à saúde eleitoral e é um mal que só um certo honoris causa". Flavio Marcus Juliano 9-Reality shame (editado no Estadão.com em 03/07/2012) O vereador(?) Timóteo, ao ser indagado sobre a burla no painel da Câmara, mostrou toda a falta de razão e de bom senso ao responder ao repórter, previsivelmente, com má educação. Deveria saber de longa data que a imprensa não cria dificuldade pois não se enxerga nos vereadores além de coisas ruins. Chega-se ao absurdo de aprovar a cessão de valioso terreno para o inútil Instituto Lula. Chega-se à vergonha de pretenso candidato a prefeito de São Paulo fazer parte da burla. Agnaldo, se você não tem o que fazer, que procure. Menos cantar e fazer de conta que é vereador. Flavio Marcus Juliano 10-Bem diferente (editado no Estadão.com em 03/07/2012) Os eleitores paulistanos têm como objetivo, em relação à São Paulo, amá-la. Há certos partidos sem ética e seus candidatos que têm como objetivo, a mala. Flavio Marcus Juliano 11-É justo? (editado no Estadão.com em 03/07/2012) É justo aguentarmos na TV tantos "compromissos" pré-eleitorais que jamais serão cumpridos? Ao menos, o paletó do candidato é justo, muito justo..............um bom alfaiate poderia ajudar. Flavio Marcus Juliano
Postar um comentário