terça-feira, 25 de outubro de 2011

Massa mansa, mas massa fina

Em 13/10



Não sei porque Dora Kramer ocupou sua coluna no Estadão para qualificar os manifestantes que protestaram contra a corrupção de massa mansa. A alegada falta de capacidade dos brasileiros de reagir à falta de ética dos governantes inexiste. Somente não constituimos uma militância atrelada a um partido...porque o único partido que constituiu militância está no poder , com sua corte de governistas e aliados...repleta de corruptos. Os demais partidos confessam sua incapacidade de formar militantes, e assim, à muito custo , sem treinamento "profissional" e sem uma legenda que nos dirija, vamos nos acostumando a este exercício cívico que é protestar nas ruas .

Somos uma massa mansa sim, e ainda bem... porem massa fina. Tivessemos profissionais da mídia corajosos, que nos dessem apoio, certamente com este fermento teriamos crescido bem mais. Porem contamos só com a nossa coragem de dar a cara para bater; portanto, necessário se faz deixar patente que esta "massa mansa" tem um valor muito maior do que aquela formada pelos marionetes chamados cara-pintadas, que nem chegaram a perceber que estavam sendo usados como massa de manobra do PT para realizar o serviço que interessava ao partido... Aliás, se não fosse assim, hoje novos cara pintadas estariam nas ruas...e se não estão, é porque o PT é o último interessado a que jovens idealistas ocupem as ruas para se manifestar contra a corrupção...É ou não é?
Postar um comentário