quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Dirceu e a Reforma Política

10/10

José Dirceu , num artigo intitulado Reforma Política , publicado em diferentes jornais, busca defender a reforma política proposta pelo deputado Henrique Fontana (PT/RS), a qual , por falta de suficiente apoio e por excesso de desconfiança dos próprios aliados do governo, acabou sendo arquivada.

Dirceu começa querendo mostrar que os que não aprovaram a "prenda" petista são aqueles que , na verdade, não querem reforma alguma...porque ,segundo ele, dizer-se que esta reforma só benefiava o PT era um contrasenso, visto que o PT cresceu e muito sob o atual sistema político.

Sim, cresceu muito ...com bolsas, cotas e promessas fielmente cumpridas de corrupção garantida por total impunidade. Mas cresceria muito mais caso a proposta de Fontana fosse aprovada, cresceria tanto que o PT acabaria por engolir partidos aliados e oposicionistas... seria , de fato, o partido único, tal qual o PRI do México, como chegou a nos advertir um dia Jefferson Perez quando nos alertava sobre os perigos do aparelhamento do Estado Petista.

Portanto a defesa que Dirceu faz desta proposta indecente...é inconsistente e só pode cair no vazio! A necessidade de se realizar uma profunda reforma política no Brasil depende do tanto de tempo que o PT vai conseguir se manter no poder sem ajuda de "reformas"...porque fazer-se uma reforma de tal importância com o PT dirigindo os cordéis...não dá...seria um risco que não vale a pena pagar para ver!
Postar um comentário