terça-feira, 26 de abril de 2011

Sobre a chacina em Realengo e as armas

Em 08/04/2011





Não há mais o que dizer sobre o horror da chacina em Realengo, ainda que tudo que possa ser dito ainda seja pouco.

Só quero lembrar que armas existem em profusão pelo Brasil, mas de forma ilegal e em mãos de bandidos...e/ou loucos. Entram pelas nossas fronteiras abertas ao tráfico , não só de armas como de drogas e outras mercadorias. Porque a lei que regulamenta a posse e o uso de armas em nosso país é severa sim, mesmo que os apologistas do desarmamento, inconformados com o resultado do plebicito, se aproveitem agora para culpar quem votou contra aquela farsa.

Não se esqueçam...a arma só é perigosa quando a mão que a empunha é criminosa. Porque também foi graças a uma arma que o heróico policial salvou tantas e tantas vidas. Quem tem arma em casa de forma legal não representa risco à sociedade...e só a tem como meio de defesa contra os bandidos bem armados por incuria do Estado! Só para lembrar: nunca tive ou terei uma arma, mas continuo a defender a liberdade daqueles que querem tê-la de forma legal.
Postar um comentário