segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Que quilombola, que nada....

29/11/2010



A motivação mentirosa e a prática exagerada na distribuição de terras a presumidos quilombolas é tão grande e flagrante , que a tendência é radicalizarmos pelo outro lado.

Por isso, reivindico para os de raça branca (foi assim que, à contragosto e de forma nada científica , tive que me qualificar no censo) ou eurodescendentes, parte das terras que os bandeirantes tomaram posse, não para si...mas para a nação brasileira que nascia.

E meu sangue caboclo também me qualifica a esperar que parte das reservas indígenas , de preferência na rica reserva Raposa Serra do Sol assentada sobre a maior reserva de nióbio do planeta, me sejam passadas.

É tão justa esta doação quanto a distribuição indiscriminada de terras a tudo quanto é "quilombola"....que de quilombola nada tem! Isso não é fazer justiça histórica...

Se fossemos fazer total justiça aos negros, dividiríamos parte da responsabilidade com os próprios negros africanos que , lá atrás, os venderam como escravos a mercadores brancos! E Angola, Guiné, Senegal e Moçambique deveriam ressarcir estes negros brasileiros também com glebas de terras nestes países, pois não?
Postar um comentário