quarta-feira, 28 de julho de 2010

Marina,Cesare Battisti...mas e o Achille Lollo?

27/-7/2010


Marina Silva é muito coerente quando afirma que, se depender dela, o assassino italiano e terrorista Cesare Battisti pode ficar no Brasil. Afinal a ex-petista e ex-psolista não poderia pensar diferente quando se sabe que um dos fundadores do PSOL e ideólogo da cartilha do partido é Achille Lollo, um italiano radicado no Brasil há mais de duas décadas , apesar de também ter matado pela "causa , inclusive crianças.

Em 1973 , na Itália, Lollo e dois ativistas do Movimento Operário atearam fogo com gasolina no apartamento de Mario Mattei, um gari de 48 anos que ali morava com a mulher e seis filhos. Dois deles não conseguiram sair do apartamento em chamas e morreram abraçados.

Parabéns, Marina, por seu posicionamento tão afinado com o ideário de seus ex-partidos...tudo ficou muito claro agora. A senhora defende o meio ambiente, mas alguns seres humanos não lhe inspiram piedade, quanto mais necessidade de se fazer justiça!
Postar um comentário