segunda-feira, 19 de julho de 2010

Índio não mente, Índio fala a verdade!

Texto baseado em informações tiradas do Jornal O Estado de São Paulo, do Google e de matérias divulgadas de Reinaldo de Azevedo


Eduardo Dutra , presidente nacional do PT, anunciou hoje na imprensa que vai entrar com tres ações contra o candidato a vice de José Serra, o jovem político Indio da Costa - por ter ele afirmado que o PT tem ligações com o narcotráfico, com as Farcs, e por ter dito que Dilma é ateia.
Ora pois... Para comprovar a ligação do PT com as Farcs é tão fácil...basta qualquer um acessar o Google, buscar Foro de São Paulo, e lá está: o PT é um dos fundadores deste Foro e as Farc participavam desta entidade num tempo em que estes guerrilheiros terroristas já praticavam sequestros mantendo os reféns em campos de concentração no meio da amazônia colombiana.

Não bastasse isso, em 2005, representantes das Farcs tiveram uma reunião em Brasília com petistas ilustres, já preocupados com os custos da campanha eleitoral, e os seus amigos terroristas prometeram doar US$ 5 milhões ao partido. Se foi doado realmente não se sabe, mas a reunião existiu sim.

Mas a prova maior do elo do PT com as Farcs foi quando em 2006 a ministra da Casa Civil Dilma Roussef requisitou a mulher de Olivério Medina (representante das Farc no Brasil) , Ângela Maria Slongo para trabalhar no Ministério da Pesca em Brasilia. Num email de Olivério para o terrorista Raul Reyes (morto no Equador), ele se gaba de que "Mona começou em seu novo emprego, ...num cargo de confiança...para impedir que a direita daqui a hostilize..." Caramba, o que a gente não acha no Google?
O documento assinado por Dilma Rousseff está á disposição no Google para quem quiser ver... assim sendo, Dutra vai negar a ligação do PT com as Farcs de que jeito?


Quanto à Medina, continua na ativa e segundo o Jornal El Tiempo, é o maior responsável das Farcs pelo troca de droga por armas...
Já a revista Cambio da Colombia, publicou uma reportagem listando uma série de emails que estavam no computador de Reyes: de José Dirceu, Roberto Amaral, Gilberto Carvalho, Erika Kokay, Celso Amorim, Marco Aurélio Garcia, Perly Cipriano (da Secretaria de Direitos Humanos), Paulo Vannuchi e Selvino Heck, assessor de Lula. Marco Aurélio Garcia declarou que a era tudo uma armação, que os emails eram falsos, mas a Interpol confirmou a veracidade dos mesmos.

Portanto, que crime cometeu Índio da Costa ao dizer que o PT tem ligações com as Farc e com o narcotráfico? Desde quando dizer a verdade é crime?

José Eduardo Dutra anunciou que vai entrar com ação criminal alegando crime contra a honra... Com ação no TSE exigindo direito de resposta. E também com uma ação civil exigindo ressarcimento por danos morais (?) caso o PSDB não desminta a fala de Indio de Costa. Mas vai desmentir o quê se esta ligação é de longa data e de conhecimento público, e só não mais divulgada na imprensa porque...ainda que seja inconstitucional, existe uma censura já efetiva nos órgãos de comunicação? Olha o Estadão aí que não me deixa mentir há 353 dias sem poder falar daquele assunto escabroso que envolve alguem que é filho de alguem muito influente...!

A pergunta que fica é: porque o PT faz tanta questão de esconder e negar suas verdades?
Postar um comentário