quinta-feira, 10 de junho de 2010

BRASIL NO PASSO ERRADO

(No Estadão online, quinta-feira, 10/06/2010)
Enquanto 12 nações votaram a favor das sanções contra o Irã, nosso preclaro (sic) presidente (e equipe de Relações Exteriores) considerou ''um equívoco'' essa aprovação e que o Conselho de Segurança da ONU ''jogou fora uma oportunidade histórica de negociar tranquilamente o programa nuclear iraniano". Ou seja, enquanto países como Estados Unidos, França, Alemanha, Reino Unido, Rússia e China, com corpos diplomáticos tradicionais e experientes, e seus tarimbados Ministérios de Defesa, decidem num sentido, Lula, Celso Amorim e Marco Aurélio Garcia pensam e votam no oposto. Nessa seriíssima ''marcha'' para um mundo melhor e mais seguro, quem será que está certo? Parafraseando velha anedota, dona Marisa Letícia, dona Ana Maria Amorim e a distinta companheira de Marco Aurélio Garcia devem estar na assistência oficial declarando: "Olha lá nossos maridos... os únicos que marcham no passo certo." E ainda querem que o Brasil seja votado membro efetivo desse Conselho de Segurança?! Com tanta miopia e ingenuidade vai ser muito difícil!
Postar um comentário