sábado, 3 de abril de 2010

Cuba - a praia de Lula

20/03/2010


No artigo A "verdade coletiva" de Lula (Estadão-A2/20/03) Roberto Romano nos mostra como temos que ser gratos a Lula pelo seu involuntário gesto de desmascarar-se em Cuba. Eu entendo porque nosso presidente escorregou... É que lá naquela ilha Lula estava tal e qual um nudista em praia de nudismo, absolutamente à vontade e se sentindo em casa, ele não tinha nada a esconder, muito pelo contrário. Deu no que deu...

Só me incomoda uma coisa: se eu, simples cidadã que sou nunca me deixei enganar sobre qual era a verdade escondida sob o ideário petista e sobre aquele que se tornou seu lider absoluto...como tanta gente culta e letrada , a grande maioria de nossos intelectuais e artistas, chegou a acreditar nele?

Chego a crer às vezes que até a escolha e/ou aceitação de um líder de âmbito nacional depende de "modismo"...e aqui no Brasil quase todo mundo acabou se vestindo igual.
Moda-uniforme me lembra a China de Mao.

De minha parte eu não sonho eleger um mito nem um líder da moda...o país só necessita de um real governante, de um administrador competente e que se comprometa a atacar de frente a corrupção que assola o país como nunca dantes se viu.
Postar um comentário