terça-feira, 9 de março de 2010

Monoteísmo

Restrito à adoração de seu único deus- o presidente- com duas imposições por êle, atravessadas na garganta - uma, alienígena, para presidente e outra, tão alienígena quanto ,para governador de nosso Estado- , humilhado e sem saída, como diz Dora Kramer, o PT paulista amarga não ter um nome de competência sequer, nos seus quadros, para disputar o govêrno paulista e a cadeira no Senado por São Paulo. Menos mal! O povo paulista conduz e não aceita imposições pelos que anseiam apenas anos e anos de poder. Nas eleições de outubro, haverá censura a muitos nomes neste garboso Estadão, assim como estão fazendo atualmente com o nosso outro garboso Estadão.

Flavio Marcus Juliano
Postar um comentário