segunda-feira, 1 de março de 2010

Lula e os Direitos Humanos

26/02/2010


O governo Lula tem que decidir exatamente o que entende por Direitos Humanos, porque não se pode admitir decisões e opiniões tão contraditórias defendidas pela diplomacia brasileira liderada por Celso Amorim .

No que se refere ao caso do dissidente que morreu em Cuba, Zapata, Amorim declarou que Lula não se manifestou sobre a crueldade de se prender um cidadão pelo simples fato dele pensar diferente do governo castrista, porque é da linha diplomática brasileira não criticar nem interferir em questões de direitos humanos nos outros países e alem disso Brasil não tem a pretensão de conceder diploma de direitos humanos a qualquer país.

Se é assim, porque o Brasil - na figura do ministro da Justiça Tarso Genro - usou a justificativa de perseguição política da Justiça italiana contra Cesare Battisti (assassino condenado em mais de um tribunal pelo morte de 4 cidadãos italianos) para conceder asilo a este criminoso? E tudo com endosso do presidente Lula que veio a público dizer que a decisão de um ministro da defesa é decisão de seu governo, e portanto, soberana , e que a Itália iria ter que respeitar!

Mais uma vez se comprova que para os lulopetistas alguns humanos merecem ter mais direitos que outros...e que a defesa dos direitos humanos pelo governo Lula vai depender da ideologia que este humano seguir . Como se diz hoje em dia...é a Treva!
Postar um comentário