segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Os incomodados

O incômodo é a demagogia

Sr. Ministro da Igualdade racial, o que incomoda não é a Democracia, mas a demagogia. Veja, sr. Edson: sempre estudei em escola e faculdade públicas, onde as melhores e poucas escolas na época eram as públicas e ali conviviam os filhos de operários, caminhoneiros, comerciantes, profissionais liberais, funcionários públicos, militares, etc., que não só queriam e precisavam do ensino público gratuito, mas que o faziam por este ser o melhor.
O que este governo do sr. Lula (PT) faz, sr. Edson, é usar as cotas não como inclusão, mas para fazer média com o eleitor usando o pomposo nome de cotas raciais. Se realmente este governo estivesse preocupado com a ascensão do povo brasileiro (negros, brancos, índios, amarelos, pobres e até os ricos, que também pagam impostos), melhoraria as condições de nossa educação fundamental e média, que é o que prepara os alunos para prestar um vestibular! Como está tudo deteriorado, com o corpo docente malpreparado, malremunerado, desmotivado, com as escolas sucateadas (há exceções), com os alunos sem realmente se comprometer com os estudos, surgem as cotas!
As escolas de antigamente, principalmente do interior, tinham o estritamente necessário - inclusive o tão discutido atualmente "turno da fome", pois não haviam escolas públicas suficientes para todos, - e produziram quase a grande maioria dos melhores profissionais atuantes ainda hoje.
Então, em vez das tais cotas que são na realidade a peneira para tapar o sol (incompetência) e para fazer média eleitoral com a população menos cidadã (aí incluso a classe média, que não sabe exigir seus direitos pelos altos impostos que pagam), o sr. e seu governo Lula propõem estas cotas, indispondo brasileiros entre si, para que vocês obtenham VOTOS!
Postar um comentário