sábado, 12 de dezembro de 2009

Caras e bocas

A secretária de Estado, Hillary Clinton, que não consegue discursar sem uma coreografia facial, fez uma séria advertência a certos países da América Latina, embora alguns, com a maior cara de pau, aleguem que ela não deu o recado para êles. No caso brasileiro - não que o recado tenha sido dado para nós, longe disso- frente ao amadorismo com que são tratados "assuntos exteriores" - leia-se Battisti, Zelaya, Ahmadinejad -deve-se observar cuidadosamente quais poderiam ser as consequências. É capaz do Zorro fazer "top top" pro Sargento Garcia e não será um recado errado.

Flavio Marcus Juliano
Postar um comentário