domingo, 8 de novembro de 2009

ÁGUA




As fotos estampadas na primeira página e no caderno Setecidades de sexta-feira (sobre o desperdício de água em Santo André) demonstram a falta de consciência ecologica e também de educação da população. Esse fato, infelizmente, não ocorre somente em Santo André, mas em todas as localidades. Não precisamos andar muito para ver fatos semelhantes: quem ainda não presenciou na vizinhança alguém usando a mangueira como vassoura hidráulica? E não adianta questionar. Quando o fazemos de forma educada e alertando para a possibilidade de falta desse precioso líquido num futuro próximo, sabem qual a resposta?
‘A hora que acabar, acabou!” Foi isso que ouvi ao indagar de uma vizinha se ela não se preocupava de desperdiçar a água tratada, lavando sua calçada, também dos vizinhos (numa rua particular, com oito sobrados) e, pasmem, até a rua! E não é só no verão! Somente quando as pessoas sentem no bolso é que se preocupam em tomar atitudes civilizadas.
Aparecida Dileide Gaziolla - dgabc -8/11/2009
Postar um comentário