sábado, 10 de outubro de 2009

A LEI

A lei - publicada no Diário da Manhã em 10.10.09 e Diário de natal em 11.10.09

Caberá ao presidente do Senado, José Sarney, evitar a punição do ex-diretor geral Agaciel Maia e a suspensão da aposentadoria de Zoghbi. Depois de todos os escândalos amplamente divulgados pela imprensa, alguém em sã consciência acredita que Sarney vá condenar esses sujeitos? Se fosse um funcionário sem padrinho, que tivesse tomado a decisão de praticar ato visando o fim proibido em lei ou regulamento, retardar ou deixar de praticar, devidamente, ato de ofício e negar publicidade aos atos oficiais, onde estaria o funcionário nessas alturas? Esses dispositivos estão na lei e punem com pena máxima seus infratores. Infelizmente, temos visto que a lei brasileira favorece àqueles que têm dinheiro e poder. Citar os princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade e publicidade citados na Constituição não passa de discurso. A lei? Ora, a lei! No Brasil, quem tem padrinho não morre pagão, querem exemplo maior do que a censura ao jornal O Estado de S. Paulo? Izabel Avallone
Postar um comentário