segunda-feira, 17 de agosto de 2009

DOIS PESOS

Stédile e suas reivindicações/ dois pesos- Diario Sudoeste- PR e diário do Gde ABC em 16/08/09

O líder do MST João Pedro Stédile em entrevista a uol pregou a extinção do Senado e solicitou ao presidente Lula que enquadre o ministério da Fazenda e mande repor o orçamento do Incra. Quanta inversão de valores, desse senhor e seu grupo que não são encontrados na hora de ser multados e condenados a pagar pelas anarquias que fazem em terras alheias sob seu comando!!! Afinal, o presidente Lula está comprometido com o bando de arruaceiros até o último fio de cabelo. Até já colocou o boné da rendição. Stédile ainda diz que não está pedindo nada a mais a não ser cumprir a lei. Se assim fosse, o que dizer das leis que não são cumpridas pelo governo Lula? Por acaso a Educação, a Saúde e a Segurança melhoraram com a chegada do governo petista ao poder? O que se vê é o aumento da pobreza, da ignorância e do voto cabresto. A certa altura da entrevista, Stédile defende a distribuição de terras alegando que, se as famílias tiverem suas terras não deixarão o campo. Mentira descarada. Alguém conhece alguma terra que tenha ficado produtiva quando foi doada aos sem-terras? Se houver, é bom que se faça uma grande matéria e mostre na mídia. Não é preciso ir muito longe para saber que as pessoas estão trocando o campo pela cidade porque não precisam trabalhar, moram de qualquer forma, mas têm o bolsa-família que garante muito mal uma refeição na mesa, quando tempos atrás o presidente Lula afirmou na televisão que todo brasileiro tinha o direito a três refeições. Será que Lula está lembrado dessa promessa, ou não viu nada não sabe de nada sempre que é instado a dar satisfações de seu governo?
Izabel Avallone
Postar um comentário